Destaques

PSDB oficializa rasteira de Roberto em tucanos do MA

O PSDB divulgou hoje a decisão liminar que determinou o afastamento do vice-governador Carlos Brandão da presidência da Executiva no Maranhão e determinou a criação de uma comissão provisória comandada pelo senador Roberto Rocha.

Entre os motivos alegados para alteração no comanda da sigla, chama atenção o item em que Roberto alega ser vítima de um processo de “beligerância por outros membros com intuito de insuflar uma insatisfação geral, o que viola a integridade, a ética e a democracia”. Também foi citado o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB) ao ex-presidente Lula (PT).

A intervenção do presidente nacional, Tasso Jereissati, desmoraliza os maiores nomes do PSDB no Maranhão como o próprio Brandão; o deputado licenciado, Neto Evangelista; o suplente de senador, Pinto do Itamaraty e o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando – todos são adversários do autointitulado “Asa de Avião”.

A insatisfação do nicho tucano local com Roberto Rocha é comprovada na relação da nova comissão provisória. Além do próprio senador e do ex-prefeito Sebastião Madeira, os demais membros são apaniguados da dupla, escolhidos a dedo para atender os interesses contrários à maioria do PSDB.

Até mesmo a “faz tudo” de Roberto, a publicitária Maria do Carmo, ganhou sua sinecura na comitiva tucana.

 

 

 

2 Comnetários

  1. Esse senador traira vai acabar com psdb no maranhāo ele nao tem voto nenhum so foi eleito porque o flavio dino levou no braço nāo se elege ha mais nada esss traidor pilantra

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *