Geral

Rádio Senado deixa obituário de José Sarney vazar

O Globo:

RIO – Uma gravação de 21 minutos, feita pela Rádio Senado, vazou nesta segunda-feira e o jornal “O Estado de S. Paulo” teve acesso ao obituário já preparado para o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Aos 81 anos, Sarney acaba de assumir o comando da Casa pela quarta vez.

Intitulado “Reportagem especial em homenagem ao senador José Sarney”, o programa relembra a trajetória do político, sempre com os verbos no passado. Entre os trechos, há passagens sobre o regime militar, a ligação de Sarney com as artes – “Ele era membro da Academia Brasileira de Letras desde 1980” -, a primeira vez que ocupou a presidência do Senado e a crise que atingiu a Casa.

O programa começa lembrando que a Presidência da República foi o ponto alto da carreira de Sarney e chega a listar os planos econômicos fracassados naquele período. O material mistura depoimentos de figuras públicas, entre elas, o ex-presidente Tancredo Neves, já falecido, entrevistas e discursos do maranhense.

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação do Senado, a rádio não tem um obituário, mas uma “biografia” de Sarney, da mesma maneira como tem prontas as biografias dos outros 80 senadores. Sobre os verbos no passado, a secretaria diz que pode ter havido “erro verbal”.

OUÇA AQUI o obituário de José Sarney