Destaques

Dória manda maranhense encontrado na Cracolândia de volta para São Luís

Identificado apenas como Antônio e supostamente usuário de drogas, um maranhense foi encontrado na Cracolândia em São Paulo e mandado de volta para São Luís nesta segunda-feira, 12. A medida faz parte de uma iniciativa que a prefeitura da capital paulista pretende implantar, bancando as passagens a pessoas em situação de rua ou usuários de drogas para seus  Estados de origem. O projeto já é visto como outra tentativa do prefeito João Dória (PSDB) de diminuir o número de dependente químicos na cidade.

O caso do maranhense Antônio foi o primeiro dessa nova estratégia do tucano para acabar com a Cracolândia. Ele foi encontrado na Praça Princesa Isabel, em São Paulo, onde os dependentes e traficantes se concentraram, depois de uma operação de desocupação em outro ponto da cidade. O caso tem sido amplamente divulgado na mídia nacional.

A situação do desconhecido maranhense ainda é incerta. Não foi divulgado o sobrenome e nem o destino dele em São Luís. Além disso, Antônio não passou por uma clínica de reabilitação, apenas recebeu alimentação e higiene pessoal. Nesses casos, não é necessário ser um especialista para saber que dificilmente ele não terá uma recaída.

A passagem foi bancada pelo secretário Municipal de Assistência Social de São Paulo, Filipe Sabará, que chegou a postar um vídeo nas redes sociais. Porém, a medida mais parece ser uma tentativa da prefeitura de se livrar dos usuários de crack do que propriamente uma ação benevolente.

 

Para fechar o dia com chave de ouro, estou levando o Antônio que foi resgatado das ruas hoje, após a ação contra o tráfico, para a rodoviária e o presenteando com uma passagem para sua terra natal no Maranhão. Ele veio para São Paulo buscar oportunidades de trabalho, mas não conseguiu e acabou nas ruas e nas drogas. Agora ele vai reencontrar sua esposa que está grávida e esperando ansiosamente por ele! #SPmaisHumana

Publicado por Filipe Sabará em Domingo, 11 de junho de 2017

 

 

Comantário

Comments are closed.