Geral

Como votou a oposição?

A oposição maranhense se dividiu durante a votação que conduziu Arnaldo Melo (PMDB) a presidência da Assembléia Legislativa.

O PDT, liderado pela deputada Graça Paz, mostrou que é farinha do mesmo saco da família Sarney e embarcou na nau furada de Ricardo Murad (PMDB), que veio a afundar algumas horas depois. Naúfraga, a bancada pedetista se agarrou em Manoel Ribeiro (PTB) na esperança de garantir duas vagas na mesa diretora da AL. De novo, deram com os burros n’água.

O PCdoB, PPS, PSDB, PSB e a ala oposicionista do PT optaram pela chapa “União Pelo Maranhão”, encabeçada por Arnaldo Melo. Dentre os votos que o elegeram, destacam-se os de Bira do Pindaré (PT), Cleide Coutinho (PSB), Eliziane Gama (PPS), Gardênia Castelo (PSDB), Luciano Leitoa (PSB), Marcelo Tavares (PSB), Neto Evangelista (PSDB) e Rubens Pereira Jr (PCdoB).

Depois de empossado, Arnaldo Melo garantiu que não existirão atritos entre o Governo Roseana e a nova mesa diretoria, composta por maioria alinhada ao Palácio dos Leões.