Destaques

Carcará, Esquálido e Asa de Avião ignoram boicote de Temer ao MA

A bancada maranhense na Câmara Federal e o presidente da Famem, Cleomar Tema, passaram o dia de hoje discutindo medidas para forçar o governo federal a cumprir o acordo de parcelar o desconto em relação aos repasses do Fundeb.

Estranhamente, foi publicada, na quinta-feira (6), a portaria nº 823/2017, autorizando o desconto de R$ 177 milhões das contas das prefeituras maranhenses. A medida também prejudicará o estado, que perderá R$ 47 milhões.

Líder da bancada maranhense no Congresso, o deputado Rubens Júnior anunciou uma reunião entre os representantes do Estado e o presidente Michel Temer, amanhã, às 11h, pra tratar sobre este assunto.

Segundo Cleomar Tema, ficou acordado que caso o governo federal não volte atrás, os deputados maranhenses podem começar a travar votações de interesse do Planalto. O objetivo é pressionar, ainda mais diante da situação do presidente em vias de ser afastado.

Enquanto prefeitos e deputados se unem para reverter à medida prejudicial aos municípios, os senadores Roberto Rocha, João Alberto e Edson Lobão continuam inertes a situação, apesar do risco de quebradeira de várias prefeituras. O caso é constrangedor. O próprio deputado do PMDB, Roberto Costa, prometeu cobrar uma postura dos parlamentares.

Aliados do presidente Michel Temer, os representantes do Estado no Senado simplesmente fecharam os olhos. Contudo, 2018 é logo ali, e os prefeitos hoje prejudicados se preparam para dar o troco em “Carcará”, no “Esquálido” e no autointitulado “Asa de Avião”.

Comantário

Deixe uma resposta