E-mail: redacao@marrapa.com
Rádio
– Leandro Miranda
  • Política
  • Centrais sindicais querem mobilizar população e classe política na paralisação do dia 28

    Evitar farmácias, padarias, restaurantes, shoppings, lotéricas, bancos, postos de gasolina, açougues, lojas de eletrodomésticos, eletrônicos e até hospitais, mesmo que você não vá trabalhar. São estas a recomendação da Central Única dos Trabalhadores, CUT, para a população ajudar na greve geral do dia 28 de abril, próxima sexta.

    Sem exceção todas as nove centrais sindicais do país estão convocando para a mobilização nacional. A Força Sindical, central que tem o deputado Paulinho como figura mais proeminente, propõe a mobilização de prefeitos, vereadores e deputados estaduais para sensibilizar deputados federais e senadores que votarão a matéria no Congresso.

    Segundo a CUT, os jornalistas das quatro praças da Empresa Brasileira de Comunicação, EBC, inclusive do Maranhão, concordaram com a paralisação contra as reformas trabalhistas e previdenciária propostas pelo governo Temer, em curso no Congresso Nacional; e a terceirização, já aprovada pela Câmara.

    24 de abril de 2017 às 22:40 | Por:

  • Política
  • Dois números que inviabilizam Roseana e o seu PMDB

    Dois números mostraram que a situação da oposição aqui no Maranhão é crítica e explica o desespero do PMDB em criar factoides contra o Governo e mais precisamente Flávio Dino e aliados.

    Pesquisa Exata divulgada na semana passada apontou a ex-governadora Roseana Sarney com 47% de rejeição, quase metade dos entrevistados disse que não votaria nela de jeito nenhum. Além do desgaste com a oligarquia que nunca conseguiu administrar o estado de forma satisfatória, existem também os casos de corrupção que a população parece não mais perdoar.

    Outra prova desse desgaste são os números do PMDB, legenda de Roseana. Pesquisa do instituto Vox Populi mediu a preferência do eleitorado por partido político, o PMDB em outubro era o indicado por 3% dos entrevistados, apresentou leve crescimento em dezembro, chegando a 5 pontos percentuais, e caiu para 1% neste mês.

    Roseana tem a marca da corrupção e do atraso e o PMDB de golpista, essa soma negativa de adjetivos leva a oposição a um beco sem saída.

    24 de abril de 2017 às 18:15 | Por:

  • Política
  • Roberto Rocha, o esquisito

    Na sua passagem por Imperatriz, o senador Roberto Rocha demonstrou uma postura esquisita. Desde que fez uma delicada cirurgia, os amigos dizem que ele nunca mais foi o mesmo. Uma das coisas que chama atenção é a raiva que nutre pelo governador Flavio Dino.

    O senador põe na conta de Flavio Dino até problemas pessoais, como a apreensão de cheque milionário do seu filho com o conhecido agiota Pacovan. Roberto Rocha até hoje acha que o governo deveria ter escondido o embaraçoso fato, que seria parte de uma profunda relação com o agiota Pacovan.

    Outro objeto de ódio do irritado senador é o seu adversário Gastão Vieira. Este apresentou uma representação devastadora contra o senador na Procuradoria Geral da República, que até hoje deixa o senador ansioso. Os poucos amigos que o senador Roberto Rocha mantém aconselham frequentemente que ele modere sua conduta, mas isso só aumenta a esquisitice do parlamentar.

    24 de abril de 2017 às 14:07 | Por:

  • Política
  • O temor da oposição pela dobradinha PSDB e PCdoB

    A grande dúvida no meio político atualmente é sobre o posicionamento do PSDB em 2018. Na base do governador Flávio Dino, a maioria dos tucanos deseja permanecer aliado aos comunistas. Uma minoria capitaneada por Sebastião Madeira articula por uma separação, mas quem realmente torce para que isso ocorra são as lideranças do PMDB, principais adversários do atual Governo.

    Madeira é um solitário em sua empreitada para que o PSDB busque um novo caminho. Até agora o partido não tomou um posicionamento. A situação é simples: a executiva nacional da legenda encontra uma forte resistência em separar tucanos de comunistas e por isso tem evitado meter a colher no Maranhão. Sem um nome forte para disputar o Governo do Estado em 2018, o PSDB avalia que é melhor manter a aliança com o PCdoB. Hoje a maior liderança do sigla no Maranhão é o vice-governador Carlos Brandão, que conseguiu o apoio de diversos prefeitos para exigir a independência no Maranhão.

    Uma nova dobradinha com o PSDB pode colocar o governador Flávio Dino com o apoio de pelo menos três partidos com presidenciáveis, somando o PDT e o PT. Caso inédito no Maranhão e que alçaria o governador a uma condição quase irreversível de reeleição.

    É essa coalizão que gera tanto interesse da oposição nas decisões do PSDB.

    24 de abril de 2017 às 13:49 | Por:

  • Política
  • O Globo: Lobão e Edinho formam dupla de “encrencados” na Justiça

    O jornal O Globo desta segunda-feira (24) destaca parlamentares investigados na Lava Jato cujos suplentes também são alvos de processos por diversas irregularidades. Com o título “Suplentes encrencados”, a reportagem traz como principal exemplo o senador Edison Lobão (PMDB) e seu filho, Edinho Lobão.

    Lobão pai é investigado, entre outras coisas, por receber R$ 5,5 milhões para interferir no resultado do leilão da usina de Jirau, quando era ministro de Minas e Energia. Já Edinho “é alvo de processos por ocultação de patrimônio, falsidade ideológica e sonegação fiscal”.

    Edinho é investigado por ter escondido a propriedade de uma empresa de bebidas sob o nome de laranjas.

    O Globo ainda lembra que, recentemente, o Ministério Público da Suíça apresentou documentos apontando contas secretas no país em nome dele.

    24 de abril de 2017 às 8:42 | Por:

  • Política
  • De olho em 2018, Braide copia os passos de João Dória

    Derrotado nas eleições de 2016, o deputado estadual Eduardo Braide, do nanico PMN, tem se inspirado nos passos do prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), para manter-se em evidência no cenário político maranhense.

    Na cara-dura, o rebento da Máfia de Anajatuba copia as ações de marketing de Dória nas redes sociais em conteúdo e forma. Até um texto similar ao tucano foi balbuciado por Braide na semana passada.

    Durante o fim de semana, em viagem a capital paulista, o vice-lider do bloquinho da Assembleia visitou os banheiros de inox instalados pela gestão mídiatica do ex-apresentador do Aprendiz e acompanhou o vice-prefeito Bruno Covas fazer calçadas com pá e enxada, coisa que não se faz mais nem em São Luís.

    Longe de ser um fenômeno de credibilidade ou repercussão, Eduardo tem apostado em criticas ao Palácio de La Ravardiere para não cair no ostracismo. Possível candidato a deputado federal, também tem mirado sua metralhadora giratória contra o governador Flávio Dino (PCdoB), como se não vivesse nos corredores do Palácio dos Leões antes de inventar que queria ser prefeito.

    Disposto a seguir o marketing traçado pelo prefeito paulistano, Braide corre risco de cair no ridículo. Isso se não tiver o mesmo destino da colega Eliziane Gama (PPS).

    24 de abril de 2017 às 8:24 | Por:

  • Política
  • Portal da Transparência é raro entre prefeituras do Maranhão

    A maioria das prefeitura do Maranhão não cumprem leis que determinam a criação e manutenção de Portal da Transparência pelos municípios. A determinação é obrigatória pela Lei de Responsabilidade Fiscal e Lei de Acesso à Informação sob pena de rejeição das contas de gestão por tribunais de competência e até mesmo gestores que as descumprem serem processados pelo Ministério Público de Contas do estado.

    Na maior parte dos 28 municípios que deixaram de apresentar prestação de contas junto ao Tribunal de Contas do Estado, o Portal da Transparência não traz informações. A prefeitura de Afonso Cunha (http://www.pmafonsocunha.com.br/novo_site/) pede que o solicitante entre em contato por telefone para obtenção de usuário e senha. Uma recomendação conjunta do Ministério Público de Contas, TCE e Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do Maranhão deu prazo de 3 meses para o prefeito de Benedito Leite (http://www.beneditoleite.ma.gov.br/) promova a instalação do sistema de controle interno. Algumas destas prefeitura, como Bom Jesus da Selva, não possui sequer sítio oficial.

    Os portais são instrumentos que permitem o pleno controle social da execução orçamentária da administração pública em diversas níveis.

    Municípios como Bacabal, com mais de cem mil habitantes, cujo prefeito José Vieira (PR) é mantido no cargo sustentado por liminar por ter contas rejeitadas em gestões anteriores, o portal da Transparência é uma ferramenta inútil.

    Por meio do Portal é possível o cidadão acompanhar as despesas da gestão. Como, por exemplo, constatar que em três meses de gestão a prefeita Vianey Bringel (PMDB), de Santa Inês, gastou R$ 14. 101 com diárias. Do montante, R$ 5 mil somente para Alciene Rabelo dos Santos Correia.

    23 de abril de 2017 às 19:50 | Por: