Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Ibope erra 2 em cada 3 pesquisas no Brasil. No Maranhão, erra 3 a cada 3

Um estudo nacional mostra que o instituto Ibope errou duas em cada três pesquisas feitas antes do primeiro turno nas eleições de 2014. Foi considerado erro quando os resultados oficiais vieram fora da margem de erro das pesquisas.

De acordo com o levantamento da ONG Olho Neles, o Ibope errou as pesquisas em 17 Estados. Isso significa uma taxa de erro de 66,66%. O Ibope só acertou em dez Estados, o que dá 33,33%.

Os 17 Estados em que o Ibope errou foram Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Se a taxa de erro do Ibope no país é alta, no Maranhão é ainda pior. Nas três pesquisas que fez em 2014 sobre o Governo do Maranhão, o instituto passou longe do resultado em todas elas.

Até mesmo na última, houve uma diferença grande. A pesquisa mostrava uma diferença de 21 pontos entre Flávio Dino e Edinho Lobão. Mas o resultado evidenciou que a vantagem de Dino foi de 30 pontos.

Em meados da campanha, apesar de todos os outros institutos mostrarem uma vantagem ampla para Dino, o Ibope chegou a divulgar que a diferença era de apenas 12 pontos. Bem longe dos 30 pontos verificados nas urnas.

7 Comnetários

  1. Com ou sem IBOPE a taca tá garantida no 1turno na jogadora de pife… É 65 Dinovo…XO Oligarquia Desgraçada!

  2. ESSA ONG OLHO NELES NEM EXISTE MAIS, AMIGOS. ELA MONITORAVA GASTOS DE PARLAMENTARES EM TODO O BRASIL. QUEM DER UM GOOGLE VAI VER. EU HEIN. QUE O IBOPE ERRA, PODE ATÉ SER, MAS ATRIBUIR ISSO A UMA PESQUISA DE UMA ONG QUE NÃO EXISTE É FEIO.

Comments are closed.