Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Rapidinhas da quinta-feira

Baculejo

O ex-juiz eleitoral Sérgio Muniz nunca se recuperou do saculejo que pegou do então presidente da Embratur, Flávio Dino, na sede do TRE. Com a conhecida imparcialidade de um cabo eleitoral, o magistrado divulgou áudio comentando a decisão estapafúrdia da juíza que anda descalça nas empresas de José Sarney, sobre a farsa da inelegibilidade do governador. E, como não poderia ser diferente, reiterou a sentença desatinada da magistrada. A zanga com Dino deve ser pelo baculejo que levou em 2012. Parece que Muniz guarda rancor até hoje.

Segunda casa

Parece que a TV Mirante era uma espécie de segunda casa da juíza de Coroatá, Anelise Reginato. Depois de afirmar no Facebook que anda descalça no império midiático de José Sarney, o seu marido, Márcio Fontenelle, também é frequentado assíduo da televisão sarneyzista. Em postagem no Facebook, ele faz uma selfie dentro de um dos estúdios de rádio da emissora e disse: “Hoje eu tive o prazer de participar ao vivo do programa ‘Memórias do Rádio’”, apresentado por Talvane Lukkato, a quem ele chama de amigo. O casal é de lá de dentro!

Repercussão

Repercutiu na imprensa local e nacional a armação arquitetada para consumar o ‘Tapetão de Coroatá’. Pelo número de comentários desfavoráveis à família Sarney em todas as redes sociais e sites possíveis, é possível perceber porque a estratégia de tentar embaralhar a eleição na Justiça e não tentar vencer no voto está sendo executada. O povo está ridicularizando a farsa da inelegibilidade.

Ditadura caxiense

O prefeito Fábio Gentil, pelo visto, vai mover mundos e fundos para tentar eleger o pai, Zé Gentil, deputado estadual. O vídeo de uma professora, que circula nas redes sociais no município, afirmando que sofreu perseguição do prefeito pelo fato de ela não ser eleitora do seu pai caiu como uma bomba na política da cidade. Fábio está usando e abusando da máquina pública para levar Zé até a Assembleia Legislativa. Na gravação, a professora Marlizete, fundadora, diretora e mantenedora da Escola Coelho Neto disse que vem “sofrendo o que vocês não imaginam”. Ela e a diretora adjunta da escola foram destituídas por não votar no pai do prefeito. Parece que Caxias voltou aos tempos da ditadura.

Comadres

As comadres Roseana Sarney e Maura Jorge parecem estar brigadas durante o período pré-eleitoral. Mas não se sabe se é apenas jogo de cena para afastar a catinga de uma oligarquia da outra e fingir uma independência da ex-prefeita de Lago da Pedra do consórcio sarneyzista, ou se a desavença, principalmente após o entrevero com o PRTB e o PSC, é real. Será que Roseana Sarney está visitando a filha de Maura Jorge que é sua afilhada? Essa resposta pode explicar muita coisa.

Primeiro

O PSTU foi o primeiro partido a registrar candidatura ao governo do Estado no Tribunal Regional Eleitoral. O professor Ramon Zapata será o nome do partido para as eleições ao Palácio dos Leões em outubro. Os candidatos têm até o dia 15 de agosto para registrar suas candidaturas no TRE.

Enigma

Quem é a pré-candidata ao governo do Estado que está com medo de ser assombrada por um fantasma do passado que pode atrapalhar as suas pretensões eleitorais? O pior é que o fantasma era rico, possuía apartamento e ele mesmo nem sabia.