Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Rapidinhas da convenção

Maior da história

O gigantesco espaço do MultiCenter Sebrae ficou pequeno para a convenção que homologou a candidatura à reeleição de Flávio Dino. Mais de 10 mil pessoas participaram do grande ato político, que também contou com a presença de centenas de candidatos a deputados estaduais e federais dos 15 partidos que integram a ampla coalizão. Prefeitos de todos os cantos do Maranhão, vereadores e a população em geral também compareceram no evento, que foi cercado de sentimento de confiança na continuidade da agenda de mudanças no Maranhão.

De carne e osso
Flávio Dino deu demonstração de que a política do estado está em processo de mudanças nos últimos anos. Em vez de falas somente de políticos, o ato teve a participação de beneficiários de programas de governo, como Escola Digna, Travessia, ‘Sim, Eu Posso’, Cidadão do Mundo, entre outros. Do palco, eles contaram as experiências exitosas das políticas públicas voltadas para o povo menos favorecido que foi abandonado durante as últimas décadas. Segundo o governador, esses foram os porta-vozes da mudança em carne e osso.

Lula livre!
Além dos programas de governo e das mudanças que estão ocorrendo no Maranhão, outro ponto alto do discurso do governador durante a convenção foi a defesa da democracia. Ele falou que é preciso corrigir o rumo do país e ter eleições justas. “Cada um tem a sua posição e a sua opinião, e nós vivemos em uma democracia. Mas é preciso que todos defendam eleições justas, livre, e para cada um quiser votar em quem quiser, é fundamental dizer: Lula Livre. Para a gente poder ter democracia no Brasil”, afirmou Flávio Dino, para um sonora aplauso do público.

Maranhão respeitado
Mesmo com a grave crise que assola o Brasil e impacta diretamente nas situações dos estados, o Maranhão conseguiu ser respeitado em todo o Brasil nos últimos três anos, destacou Flávio Dino durante a convenção. Humilde, ele reconheceu que não existe governo perfeito e que a sua administração fez tudo que podia diante do cenário adverso.

“Fiz tudo que eu podia. E quero que vocês me desculpem por aquilo que eu não consegui fazer. Que vocês entendam que, por conta da crise econômica, a gente não conseguiu fazer tudo, mas a gente fez o máximo. E é por isso que todos os estados do Brasil respeitem o Maranhão e respeitam o governo do Maranhão, porque sabem que nós estamos na direção certa”, enfatizou.

Outro governador
Sobre o vice-governador Carlos Brandão, Flávio Dino enalteceu o seu companheiro de chapa e disse que tem total confiança nele. “Eu não tenho um vice-governador, eu tenho um outro governador me ajudando a governar o Maranhão”, reforçou Flávio Dino.

Erro com um, acerto com dois
“Eu quero pedir desculpas para vocês. Eu errei. Pedi voto para um senador. O senador ganhou. E aí o que ele fez no dia seguinte? Diz que se elegeu sozinho. Quem se elege sozinho? Ninguém. Mas tudo bem, eu errei com um, e agora eu quero corrigir com dois: Weverton e Eliziane para representar o Maranhão no Senado”, disparou Flávio Dino ao se referir à traição de Roberto Rocha.

Lealdade
Já o vice-governador Carlos Brandão enfatizou em seu discurso a lealdade ao governador Flávio Dino ao longo desses anos, e o agradecimento pela confiança em continuar construindo um Maranhão melhor para todos. Ele ressaltou ainda a competência da equipe de governo e o amor e paixão com que todos trabalham em prol de um estado mais justo.

De alma
Em seu discurso, a candidata ao Senado, Eliziane Gama, disse que sua identidade com o governo Flávio Dino era de alma, já que é oriunda de um povoado de Icatu e passou por várias dificuldades para estudar. Dificuldades essas que estão diminuindo com investimentos na área da educação que estão possibilitando a todos os maranhenses uma educação mais digna. Ela realçou ainda que os dois nomes do governador ao Senado são legítimos representantes do povo, fato inédito para um estado que só teve senadores representantes das elites do estado.

Suplência
Durante a convenção, Eliziane Gama apresentou os seus suplentes. São eles o deputado federal Pedro Fernandes e o médico, pecuarista e ex-presidente da associação comercial e industrial de Imperatriz, Gilson Kity. A definição sobre a montagem da chapa da deputada varou a madrugada e ainda contou com a recusa de Davi Alves Júnior, o Davizinho, primeiro nome ventilado para suplência.

Golpista
Outro problema que Eliziane vai enfrentar durante a sua campanha é a resistência do PT ao seu nome, tudo por causa do voto a favor do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Enquanto discursava na convenção, a candidata ao Senado foi vaiada por petistas ligados ao Movimento dos Sem-Terra (MST), que ainda entoaram alguns gritos de “golpista”.

Adversário no palanque
Chamou a atenção a presença do vice-prefeito de Caxias, Paulo Marinho Júnior, no palco da convenção de Flávio Dino. Adversário declarado do governador, ele será candidato a deputado federal pelo PP, partido que faz parte da base de apoio de Dino. Ao lado do candidato a deputado estadual Zé Gentil, pai do prefeito Fábio Gentil, ele observou de perto milhares de pessoas apoiarem o atual governador.

Josimar animado
Um dos mais animados na convenção era o presidente do PR, o deputado estadual Josimar de Maranhãozinho. Com um banner bem na entrada onde mostrava todos os candidatos a deputado estadual do partido, o Moral da BR chegou ao evento acompanhado da esposa, a candidata a deputada estadual Detinha, e deu diversas entrevistas elogiosas a ampla aliança no Maranhão. Para quem apostava que ele ia ser vice de Roseana, está aí a resposta.

Torcida organizada
Que o deputado federal Weverton é hoje o candidato ao Senado mais organizado do Maranhão isso ninguém duvida. Com uma base sólida de prefeitos, lideranças e sintonizado com o governador Flávio Dino, ele vem crescendo nas pesquisas e já figura nas cabeças dos levantamentos. Durante a convenção, uma verdadeira torcida organizada de empolgados pedetistas demonstrou que o clima de animação com a candidatura de Weverton é grande. Teve até canto inspirado na torcida do Flamengo.

Animação no DEM e no PR
Além do PDT, quem mais mostrou animação foram as caravanas do Democratas e do PR. Os partidos de Juscelino Filho e Josimar de Maranhãozinho, respectivamente, eram só alegria balançando bandeiras e fazendo a animação do público com uma charanga que não parava de tocar.

Fechamento
A convenção serviu também para algumas alianças serem sacramentadas. Uma delas é a do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando, com a candidata ao Senado Eliziane Gama. A tendência é que o gestor desista de Sarney Filho e feche com a candidata de Flávio Dino. Depois de ver a força política do grupo, não há nem dúvidas de quem Luís Fernando escolherá.

Crise no TCE
Falando em Luís Fernando e saindo um pouco do assunto convenção, o prefeito de Ribamar entrou com pedido formal para que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) afaste o conselheiro Edmar Cutrim de qualquer decisão que tenha relação com ele. Luís Fernando e Cutrim são adversários ferrenhos na política de Ribamar.

4 Comnetários

  1. Como ainda tem MARANHENSES BURROS, BOBOS, BOCÓS depois de 50 anos de IMPÉRIO SARNEY DO MARANHÃO —-4 gestões da ENGANAÇÃO –ENGANA/ENGANA—somente na última gestão ROSE + MURAD ==sumiu== segundo a POLICIA FEDERAL COM UM BILHÃO DA SAÚDE —um bi—bilhão da saúde —- QUANTOS MARANHENSES POBRES DOENTES, CANCEROSOS FORAM PREJUDICADOS PELO ==SUMIÇO= UM BILHÃO ….. e ainda encontra MARANHENSES BURROS, RETARDADOS PARA DEFENDER ESSA ENGANAÇÃO —-ROSE ENGANA ……… é demais, vai ser burro assim lá no ……inferno ….ACORDA BURROS , ACORDA TROUXAS——- OLIGARQUIA SARNEY-ROSE ENGANA BILIONÁRIOS X MARANHÃO NA MISÉRIA………ACORDA BURROS ……….ACORDA ……… gostou da chibata dos sarneys no lombo durante 50 anos ????????? acorda ……trouxas……

Comments are closed.