Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Jardim repudia tentativa dos sarnopetistas de judicialização das decisões políticas do PT

Os sarnopetistas ainda não desistiram de atrapalhar a aliança do PT com o PCdoB de Flávio Dino. Nesta quinta-feira (26), o boi de piranha da ala do partido ligada à oligarquia Sarney, Aníbal Lins, ingressou na justiça para tentar evitar que a legenda realize sua convenção no dia 27 de julho.

Um dos nomes mais fortes do PT no Maranhão, Márcio Jardim detonou a manobra feita pelos sarnopetistas. “Recurso na justiça comum para dirimir controvérsias internas ao PT não contam com meu apoio. Só servem para colocar o partido em condição ainda mais vexatória no Maranhão. A decisão política de apoiar a reeleição do governador Flavio Dino não será alterada por medida de força judicial”, disparou Jardim.

Mesmo com a consentimento da Executiva Nacional para a realização da convenção na próxima sexta-feira, a ala do partido ligada à família Sarney tenta de todas as formas conturbar a aliança que está sacramentada à nível estadual e nacional com o governador Flávio Dino.

A tentativa de Aníbal é somente mais um vexame dos sarnopetistas do partido.

6 Comnetários

  1. A verdade é que os Sarneys estão pirando de vez.
    Cada vez que eles veem a certeza da vitória do Flávio Dino, eles enlouquecem mais ainda e nem dormem.

  2. Uma coisa é bem certa: esse tal de Anibal “Lula da Silva” Lins, que não passa de um escroque, um vagabundo, um verme, mal caráter da pior espécie.
    Com toda certeza, essa demanda judicial foi realizada por um desses “adevogadozinhos” daquela porcaria do Sindjus, sindicato este que serve apenas para cuidar do interesses desse sujeito, não dos servidores(que aliás, são eles que estão pagando os honorários desses “adevogadozinhos” para cuidar dos interesses deste sujeito).
    Imbecil e idiota serão essas pessoas que votarem em um sujeito desses para qualquer cargo público.

  3. Acordo feito às escondidas. Prestes a fechar com Maura Jorge, deputado Eduardo Braide se vende por 10 milhões de reais para Roberto Rocha, em acordo firmado no escritório de Braide no Monumental, levando junto o partido Avante.

Comments are closed.