Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

BBB na OAB do Maranhão

O clima na seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA) anda tenso e repleto de desconfiança. E o principal motivo da instabilidade é o atual presidente da OAB, Thiago Diaz. Só que desta vez o presidente passou dos limites e está sendo acusado de perseguição e violação de privacidade dentro da própria Ordem.

O secretário-geral da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/MA), Fernando Antônio Pinto Silva Júnior, expediu um ofício pedindo explicações solicitando esclarecimentos sobre a instalação de câmeras de vigilância em sua sala. Fernando também utilizou as redes sociais para denunciar o ato de Thiago Diaz como um “procedimento é invasivo, inconsequente e temerário”, já que viola a privacidade do secretário-geral.

O ofício do secretário-geral ainda questiona os motivos dessa atitude temerária que ameaça sua privacidade. “Como é sabido tais câmeras são instaladas em áreas de recepção e corredores e nunca em salas reservadas. Qual o verdadeiro propósito de tal vigilância?”, questiona. Fernando considerou a medida imposta por Thiago Diaz como “descabida, extemporânea e violadora”. Ele também destacou que a câmera foi instalada sem que houvesse reunião prévia da diretoria sobre o caso.

Outro problema que ganhou destaque no ofício do secretário-geral foi a falta de reuniões na OAB e a recorrente exposição negativa da atual gestão. Fernando solicitou imediatas informações acerca de qual empresa instalou este sistema, o custo total, a cópia do contrato realizado e as notas fiscais eletrônicas geradas.

Comantário

Comments are closed.