Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Crise na REDE do Maranhão provoca debandada de filiados

Os bastidores da política maranhense foram movimentados nesta sexta-feira (09/03) com a divulgação de uma Carta Aberta de desfiliação coletiva do Partido Rede Sustentabilidade–MA.

141 filiados assinam a Carta e apontam em quatro tópicos os motivos do pedido de desfiliação coletiva. Resumidamente, os agora sem partido alegam não encontrar na REDE uma posição definida quanto à crise política brasileira e nem o ânimo necessário para enfrentar a oligarquia, o patrimonialismo e coronelismo do Maranhão.

Os dissidentes também entendem que nos debates internos da Rede não há mais o respeito com as divergências de ideias. Por fim, eles concluem a Carta afirmando não mais concordar com os rumos que o partido tem tomado.

Procurado pelo blog, o fundador Nacional da Rede, Silvio Bembem, disse que a saída está intimamente ligada a divergências ideológicas com a porta-voz Nacional da REDE, Marina Silva.

Bembem afirmou que os recentes posicionamentos de Marina diante do Governo Temer, da crise política brasileira e do Golpe de 2016 não condizem com o pensamento do grupo do Maranhão que anunciou desfiliação.

O fundador nacional também destacou que as pessoas que assumiu o controle da REDE-MA apequenou o partido e excluiu seu grupo das decisões políticas. Silvio deixou claro que o grupo dissidente vai seguir unido e já tem uma reunião agendada para o sábado (17/03) com o objetivo discutir o novo rumo.

O deputado federal Alessandro Molon (RJ), que recentemente saiu da Rede e foi para o PSB é um dos convidados da reunião. Bembem pontuou que o grupo deve remar junto para o próprio PSB ou para o PSOL.

Sobre a especulação ventilada de que o grupo estaria saindo da REDE, por conta de uma possível filiação do deputado Eduardo Braide (PMN) ao partido, Silvio disse que o parlamentar vem conversando com os dirigentes estaduais desde 2017, mas, isso não foi determinante na decisão.

Além de Silvio Bembem, entre os 141 dissidentes da REDE, temos outros quatro fundadores nacionais do partido, o porta-voz em Imperatriz Anthony Dantas e o professor Joan Botelho.