Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

PT despacha Waldir Maranhão

Pelo menos no que depender do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), o deputado federal Waldir Maranhão (Avante) já pode tirar o bigode do uísque, pois é carta fora do baralho da eleição deste ano.

Entre as principais lideranças ligadas ao ex-presidente Lula, é consenso que a adesão do parlamentar aos quadros do PT só traria prejuízo à imagem da legenda, além de acentuar as divergências entre os petistas maranhenses.

Em 2016, interinamente à frente da Câmara Federal, o ex-reitor da UEMA passou a ser tratado como piada no país inteiro ao tentar anular o impeachment da então presidente Dilma Rousseff com uma canetada só, contrariando a decisão da maioria dos deputados federais.

Waldir cobra do PT a fatura pela manobra, exigindo do partido que reivindique de Flávio Dino (PCdoB) o apoio à sua candidatura de senador, embora tenha revogado a própria decisão no dia seguinte – por pressão da opinião pública, dos colegas de parlamento e do Senado Federal -, fazendo prosseguir o processo de afastamento da ex-presidente.

Ele deve ser comunicado da decisão por dirigentes petistas ainda esta semana.

6 Comnetários

  1. Tem coisas em política que me deixa pasmo, será que Waldir acha que se elegeria senador mesmo com o apoio de Flávio? Incrível!

  2. Sinceramente não acredito que o PT recusou o Waldir Maranhao, a maioria dos seus candidatos são ficha suja inclusive Lula. Um sujo recusando um mal lavado.

Comments are closed.