Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Servidores da Câmara de São Luís recebem salário maior que dos vereadores

Levantamento realizado pelo blog no Portal da Transparência mostra que alguns servidores da Câmara de São Luís possuem vencimentos superiores ao dos próprios vereadores, cerca de R$ 15 mil.

O campeão é o procurador-geral, Walter Marques Cruz, mais conhecido no meio político e jurídico como “Barrão”, esposo da desembargadora Anildes Cruz,. Todo mês ele fatura R$ 41.298,79.

Em seguida os procuradores José Samuel de Miranda, que recebe R$ 26.813,10, e Ítalo Gomes de Azevedo, que fatura R$ 26.812,67. A servidora Maria do Socorro Lima Costa recebe R$ 20.065,98 de salário.

Chama a atenção também os rendimentos do presidente da Casa, Astro de Ogum, R$ 30.063,52, o dobro em comparação aos seus pares.

A direção de comunicação da Câmara de São Luís informa que o procurador Walter “é aposentado há mais de 10 anos, com base na constituição de 1967 e acumula por exercer cargo comissionado. Samuel Miranda e Ítalo Gomes de Azevedo, mesma situação do procurador-geral e mesmo cargo”.

Nesta semana a Câmara Municipal começou o recadastramento dos servidores, após acordo firmado com o juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da capital, Douglas de Melo Martins, que estabeleceu ainda a instalação de ponto eletrônico e adequação do Portal da Transparência.

5 Comnetários

  1. Já está saindo um comentário de que o cadastro dos servidores de Cargo comissionado da CMSL não será realizado no mesmo local onde está sendo feito o cadastro dos servidores realmente da Casa. Dizem que irá acontecer em lugar reservado, lá no andar de cima do primeiro prédio.
    Só tolo não sabia disto, aliás, o outro comentário é que já iniciaram por debaixo do pano. Parece que são dos servidores de cargos comissionado fantasmas de vereadores. Pois falam que esses cargos são distribuídos, divididos com vereadores e esse pessoal nem tem conhecimento disto.
    Porquê será, né?
    Acho que já vi na mídia casos desse tipo.

  2. Isso não é nada lá tem um vereador chamado Pereirinha que foi presidente da câmera.
    A sua família toda esta empregada no município,estado .
    Sem ser concursado .
    Fora os que recebem sem trabalhar.

    I

  3. Marrapá esse pessoal que estão recebendo mais que vereadores são procuradores que amenizam as denúncias que sobrecaem ao ex presidente Pereirinha e o atual Astro de Ogum, e tem mais, iniciaram seus serviços naquela Casa em 1990, já estão aposentados e acumulam gratificação, quando os servidores da Casa, que tinham gratificação, por mais de 05 (cinco) anos e com direito adquirido, não os tem mais e se aposentam e não leva esse direito e não se trará de valores altos, são bem razoável, bem diferente desses procuradores que se apresentaram com uma fortuna, como o Walter Cruz com valores de R$41.000,00 e um outro, na segunda parte da mesma relação de R$12.000,00. Esses valores poderiam ser visto na remuneração dos servidores no Portal da Transparência da CMSL. Hoje isso não é mais possível, devido um bloqueio no citado link, não abre mais. Não se entende como isso foi possível, se acredita que foi pelo fato da relação em um primeiro momento ter saído com uma média de 1.360 servidores e faz alguns dias que foi acrescentado a essa relação mais uns 250 servidores, que seriam os aposentados, alguns da ativa como o Procurador Walter Cruz e alguns vereadores, como o Astro de Ogum, com valor de R$19.000,00 e outro de R$30.000,00,que mesmo assim não atinge o valor do procurador Walter Cruz, mas o estranho foi verificar que todo esse pessoal já constava na primeira parte da relação, e esse pessoal não entende a razão disto, não tem justificativa, mas estão com a pulga atrás da orelha, esperam uma explicação.

  4. Tem como saber se o MINISTÉRIO PÚBLICO e a POLÍCIA FEDERAL está fazendo investigação dessas irregularidades? Não tem como não ficar bestificado, é muito crime, não é certo que continuem esses desmando e prejudicando tanta gente.
    O bandido tá blindado.
    Isso é fato.
    Tá sabendo de alguma coisa?

Comments are closed.