Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Ele não cansa: mais uma mentira de Wellington do Curso sobre concurso da PM

O deputado estadual Wellington do Curso não cansa de desferir mentiras contra o concurso da Polícia Militar do Maranhão. Desde que foi lançado o edital para o certame, o parlamentar tenta tumultuar a realização do mesmo. Os interesses econômicos colocam em xeque todas as críticas de má-fé que vem sendo feitas por ele.

Wellington é dono de um cursinho preparatório para concursos em São Luís. Seu interesse em anular o certame da PM é somente um: mais aulas, logo, mais mensalidades. A mais nova mentira do deputado é em relação ao gabarito de divulgação da prova, que não teria sido divulgado. Em rápida pesquisa na internet é possível verificar que ele foi publicado dois dias depois do teste.

Essa é apenas mais uma mentira de Wellington sobre o concurso da PM. Antes ele já tinha tumultuado a escolha de Teresina como local de prova, mesmo o edital prevendo que cidades de outros estados, se fosse necessário como foi, poderiam abrigar salas para realização da avaliação.

Outro factoide criado por WC foi sobre um candidato que consta 5 vezes na mesma divulgação de aprovados. Neste caso específico, ele concorreu para Pessoa com Deficiência (PCD), Negro e conseguiu nota para Ampla Concorrência, por isso seu nome aparece em três listas de aprovados. As outras duas vezes em que o nome dele se repete na lista é para convocação para atestar a cor da pele e a situação PCD.

E assim segue a perseguição de Wellington do Curso ao concurso da PM. Em vez de comemorar e agradecer ao governo do Estado a realização de vários certames, enquanto em todo o Brasil eles estão parados devido a crise, o deputado prefere atacar o governador Flávio Dino por estar sendo célere na realização de testes que gerarão milhares de empregos no Maranhão.

5 Comnetários

  1. Caro blogueiro, sem defender posicionamento político de nenhum parlamentar, mas, discordo do seu posicionamento em relação as denúncias do deputado Wellington.
    Existem fatos concretos sobre as falhas existentes do concurso pmma. Uma dessas falhas é a publicação de lista definitiva dos classificados sem haver a publicação da correção das questões que foram objeto de recursos na prova. Como pode a banca publicar essa lista sem se manifestar quanto aos recursos preliminares baseado nas questões da prova objetiva? Onde esta o gabarito individual de cada candidato? Onde está o princípio da publicidade? Não sou eu e nem o deputado Wellington que está inventando isso. Tudo esta disponível no site da banca. Todo esses elementos até agora não foram disponibilizados pela banca. Faça uma pesquisa no site dela e tire suas conclusões. Isso é fato! Justiça seja feita.

  2. Com uma melancia no pescoço ele pareceria Muito mais . parabéns pro Flávio Dino pelos montes de concurso que está promovendo.deputado agradeça o governador que tirou tua escola preparatória da lama quase falência através dos concursos seja justo pelo menos uma vez na vida

  3. Em luga nem um do Brasil eu ja vi isso concurso estadual faz prova em outro estado e nada disso q la nao tinha no edital diseno q ia ter prova em teresina,sera que a capital do ma e teresina e ninguem tomor conhecimentokkkkk.vi entao a prova la do tocantins vai ser feita no maranhao os cara sao uma comediakkkkkk

Comments are closed.