Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Ricardo Murad confirma sua condição de laranja e consórcio sarneyzista

O ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad (PRP), confirmou que sua condição de pré-candidato ao Governo do Maranhão não passa de uma estratégia do grupo Sarney de lançar vários nomes para concorrer ao pleito do próximo ano.

Em publicação nas redes sociais, após ser questionado porque entrar em uma disputa junto com a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), o chefe da organização criminosa acusada de roubar R$ 1,2 bilhão da Saúde do Maranhão revela a aliança com a filha do oligarca José Sarney.

“Muitos me perguntam por que sou pré-candidato ao mesmo tempo em que Roseana. A eleição em dois turnos proporciona isso. Possibilita muitos candidatos, até do mesmo campo ideológico, e um amplo debate em torno de suas propostas. A eleição em dois turnos dá muito poder ao povo porque pode votar livremente no primeiro, e no segundo, decidir entre os dois mais votados, aquele que desejar”, disse.

Ricardo tem a nítida consciência do seu papel de laranja. Além de não possuir cacife para uma disputa majoritária, ainda convive diariamente com problemas na Justiça, o que pode até mesmo impedir de ser candidato. Portanto, tratou de anunciar o próprio voto para um hipotético segundo turno. Sem surpresa alguma, diga-se de passagem.

3 Comnetários

  1. O grupo Sarney/Murad não consegue entender que a divisão de votos é só entre os que já pertenciam à Roseana.
    Ou seja, o grupo Sarney dividido não leva um voto de Flávio Dino.

Comments are closed.