Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Rapidinhas da manhã

Xerife

O peemedebista Assis Ramos, de Imperatriz, foi aconselhado pela mentora, Roseana Sarney (PMDB) a tirar a estrela de xerife do peito e entender que atualmente é prefeito, não mais delegado de policia. O motivo para o puxão de orelha foi a humilhante derrota na Câmara de Imperatriz para o atual presidente da Casa, vereador Zé Carlos, porta-voz do governo Dino no município.

Duelo

O estopim que levou Assis Ramos a mobilizar toda a sua base para tirar Zé Carlos da presidência da Câmara foi a “enquadrada” que ele levou do vereador ao invadir o plenário da Casa, na semana retrasada, com a intenção de constranger aliados a não derrubarem seus vetos. A partir dali, Ramos fez de tudo para antecipar a eleição da Mesa Diretora e derrotar o algoz alcunhado de “Pé de Pato”. Esforço vão. O experiente vereador sacou a arma primeiro, atingiu o xerife em cheio e reelegeu-se para o biênio 2019-2010.

Cosa nostra

A possibilidade de Eduardo Braide (PMN) concorrer ao Governo do Maranhão tem tirado o sono do clã Sarney. Ao saber das movimentações do pupilo de Anajatuba para se filiar ao DEM, a ex-governadora Roseana Sarney passou a cobrar do pai o comando do partido, com mais intensidade até do que quando o antigo PFL começou a flertar com o governo de Flávio Dino (PCdoB).

Fura palanque

Roseana teme que seu antigo partido ofereça candidatura majoritária a Braide, com medo de ser superada nas pesquisas de intenções de voto na Região Metropolitana antes mesmo das convenções do ano que vem. O destino do Democratas, contudo, é uma incógnita que depende da permanência ou não do ex-presidente Lula (PT) na disputa presidencial. Se a condenação do petista for mantida em segunda instância, o DEM fatalmente terá candidatura própria à presidência da República, e, nesse caso, precisará de um palanque forte no Maranhão.

Fogo amigo

Cabe lembrar que Eduardo Braide foi vítima do “olho gordo” dos Sarney no segundo turno das eleições de São Luís, quando o oligarca mandou o neto Adriano Sarney subir a tribuna da Assembleia para acusar rebento de Anajatuba de ser “sarneyzista”.

Rainha no tabuleiro

Pré-candidato ao Senado Federal, o deputado federal José Reinaldo Tavares definirá o destino dos irmãos Fábio e Hernando Macedo. O deputado estadual está atualmente no PDT, mas espera a abertura da janela partidária para pular fora da legenda de Weverton Rocha. Já o ex-prefeito de Dom Pedro está de malas para deixar o PCdoB.

Fogo no diabo

O deputado estadual Cabo Campos está de saída do DEM, provavelmente com destino ao PPS da pré-candidata a senadora Eliziane Gama.