Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Contra o o impeachment, João Alberto tenta emplacar aliados no Maranhão

O processo que pede o afastamento da presidente Dilma Rousseff e as articulações que envolvem a corrida por votos para aprovação ou não do processo, causaram muitas demissões e mudanças em cargos de alto escalão no Governo Federal. A exoneração de Maurício Itapary do DNIT, que havia sido indicado pelo deputado federal Hildo Rocha, é um exemplo.

Se antes quase todos os cargos federais no Maranhão cedidos pelo PT nacional foram dados a Sarney, com a mudança de postura do ex-presidente, quem deve ser responsável pela maioria das indicações é o senador João Alberto (PMDB), que é contra o impeachment. Inclusive seu filho, o deputado federal João Marcelo, foi o único dos parlamentares maranhenses do PMDB a votar contra afastamento da presidente.

O governador Flávio Dino que defende intensamente o mandato de Dilma, por enquanto, não deve ter qualquer tipo de aliado indicado.

Depois da saída de Jones Braga da EBC, o substituo deve ser escolhido pelo “Carcará”. João Alberto ainda tenta emplacar Emilio Murad, primo de Ricardo Murad, como superintendente da Caixa Econômica Federal no Maranhão. Além disso, o senador já teria um acordo com Michel Temer para manter todos os cargos caso o vice assuma a presidência da república.

2 Comnetários

  1. Carcarâ tá caladinho pq senao FDino descobre as maracutaias dele , Roberto Costa e Andre Campos no Detran e em outras coisas.Cadê os 50 milhoes desviados do Detran ?????Ficou porisso mesmo?????????????

  2. Assumir cargo pra que? O governo da Dilma acabou, entra hoje e sai amanhã. Não creio que Temer mantenha apadrinhados do Carcará depois.

Comments are closed.