Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Dino acredita que oposição está longe de conseguir os 342 votos

O governador do Maranhão afirmou que dificilmente vai haver o impeachment. Segundo ele, ainda faltam muitos votos para que os grupos de oposição reúnam os 342 votos necessários para o afastamento da presidente Dilma.

“o golpismo continua bem longe de reunir 342 votos”, disse Flávio.

Para o governador, apesar de alguns partidos que eram da base do governo se declararem a favor, na hora da votação os deputados devem seguir ao lado do PT.

“Nenhum partido de centro votará unido, nem a favor, nem contra impeachment. Todos sabem disso. O resto é torcida e tentar ganhar no grito”. Declarou.

Além disso, Flávio demonstrou preocupação com os atos que podem ocorrer no domingo, quando a Câmara votará o impeachment.

“Só tenho um imenso temor de a irresponsabilidade golpista conduzir a graves confrontos entre brasileiros. Necessários ter bom senso”.

3 Comnetários

  1. Governador imbecil! Golpe foi o que essa quadrilha, que ele defende, aplicou no país. Através de mentiras e dinheiro roubado dos brasileiros, na ansia insana de seu nefasto projeto de poder, se elegeram e, como resultado, estão destruindo o país.

  2. Deputado maranhense que votar pelo golpe perdera meu voto e de toda minha família. Ato contra a Democracia não tem perdão.

  3. deputado maranhense que vc contra o brasil, e a favor da corrupcção(pt) perderá meu voto e de todos os meus amigos que estão lucidos !!!

Comments are closed.