Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Liderança de Marina Silva afasta definitivamente Dilma do palanque da oligarquia Sarney

Marina e Flavio Dino

A liderança da presidenciável Marina Silva (PSB) nas pesquisas de intenções de votos afasta por definitivo qualquer possibilidade da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, subir no palanque de Edinho Lobão (PMDB).

Foi o presidente nacional do Partido dos Trabalhadores quem tratou de jogar a última pá de cal nos planos dos coordenadores da campanha do candidato apoiado pelo grupo Sarney. Rui Falcão negou até os pedidos para a gravação de programa eleitoral em favor do peemedebista.

A avaliação de marqueteiros e caciques petistas é que o discurso da nova política de Marina Silva deu certo, por atender o desejo de mudança da maioria da população brasileira.

Na tentativa de reverter a vantagem da socialista, Dilma será forçada a se manter longe das velhas raposas da política e despachar aliados que comprometam sua candidatura, reforçando o discurso da mudança de seus adversários.

Um desses aliados é Edinho Lobão. Duas vezes condenados à prisão, o suplente de senador também responde por crimes contra ordem tributária, formação de quadrilha, falsidade ideológica e uso de documento falso. De acordo com as revelações da imprensa nacional, ele também pode estar relacionado às negociatas do doleiro Alberto Yousseff.

No primeiro turno das eleições de 2010, Marina teve expressivos 13% dos votos dos maranhenses contra 70% de Dilma Rousseff. A expectativa é que nestas eleições, com o apoio de Flávio Dino (PCdoB) e da deputada estadual Eliziane Gama (PPS), a sucessora de Eduardo Campos consiga triplicar a votação no estado.

Comments are closed.