Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Oposição quer CPI para investigar suposto pagamento de propina a Roseana Sarney

71a49c3b8147f2d48be3f69efe06b3bcA oposição na Assembleia Legislativa do Maranhão deve propor uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias que envolvem os precatórios da Constran. Os oposicionistas também querem apresentar um requerimento para que a contadora Meire Poza esclareça as relações entre Yousseff e o governo Roseana Sarney (PMDB).

O líder da oposição na Casa, Marcelo Tavares (PSB), disse que a contadora precisa revelar quem são os membros do governo Roseana Sarney que se beneficiaram com as malas pretas contendo R$ 1,4 milhão em dinheiro vivo pagas pelo doleiro.

O esquema de corrupção e suborno foi desbaratado pela Polícia Federal e denunciado em reportagem de ontem do Jornal Nacional. Segundo Meire, a governadora Roseana Sarney tinha conhecimento da propina e o governo do Maranhão pressionava Alberto Yousseff pelos pagamentos.

“A governadora deveria renunciar, não há mais condições dela continuar administrando o Estado. O governo acabou na noite de segunda-feira  quando a Rede Globo mostrou ao país o envolvimento da alta cúpula do governo em esquema de propina. Esse governo acabou vítima da corrupção”, afirmou Tavares.

A oposição já tem pronto o requerimento de criação da CPI para apresentar na sessão desta quarta-feira à Mesa Diretora da Assembleia e espera contar com 14 assinaturas de parlamentares da oposição e insatisfeitos com o Palácio dos Leões, haja vista que não é nada amistosa a relação entre a governadora e a bancada governista.

Comments are closed.