Publicidade  Prefeitura de São Luis

Nome de Edinho Trinta a governador não é unanimidade no grupo Sarney

Maranhão da Gente

O final de semana foi de crise no grupo da oligarquia Sarney. Com o anúncio da permanência de Roseana Sarney (PMDB) até o final do mandato e a desistência de Luís Fernando de disputar as eleições, surgiu o nome de Edinho Lobão como unanimidade na classe política. Mas parece que a história não é bem assim…

edinho lobaooApesar do sistema de comunicação da família Lobão, do patrimônio e do ministério de Minas e Energia, fontes consultadas pela Redação enumeraram alguns pontos para a rejeição de Lobinho no grupo Sarney na corrida para os Leões.

Vivendo à sombra do pai, Edinho Lobão nunca foi às urnas disputar uma eleição sequer. No histórico político, Lobinho carrega no currículo somente o fato de ser filho de ex-governador, filho de ministro, suplente do pai no Senado.

Conhecido por ser “senador sem voto”, não tem diálogo no grupo e continuará dependendo do pai para sustentar seu nome enquanto candidato… Com esses argumentos para aliados da oligarquia, parece que a aposta não vai se consolidar até outubro.

A escolha de Edinho Lobão como pré-candidato a governador não é consenso e até a convenção outros nomes surgirão para a disputa. Para uma parte do grupo, o nome mais forte para ir às urnas em nome da oligarquia é o de João Alberto. Para outros, Arnaldo Melo, que já faz grande pressão a partir dos deputados.

Parece que muitas águas vão rolar até outubro…

Comments are closed.