Publicidade  Prefeitura de São Luis

A recompensa de Magno Bacelar

magno_bacelar_-_foto_j.r._celedonio_al_divulgacaoPaspalho do grupo Sarney na Assembleia Legislativa do Maranhão, o suplente de deputado, Magno Bacelar (PV), retorna ao município de Chapadinha humilhado, com o rabo entre as pernas, depois da atuação risível na defesa dos interesses do governo Roseana Sarney (PMDB).

É a recompensa por toda a subserviência e puxa-saquismo do parlamentar à oligarquia, nos meses em que ocupou o lugar de Victor Mendes (PV) no parlamento estadual.

Com a saída do titular da Secretaria de Meio Ambiente, que, a partir da próxima segunda-feira (03), reassume sua cadeira na Assembleia, Magno será jogado para o escanteio, justo no momento que responde a ação por atos de improbidade cometidos enquanto administrou Chapadinha, entre os anos de 2001 e 2008.

Mês passado, o Ministério Público pediu o sequestro dos bens do suplente no valor de R$ 2 milhões. Se condenado, ele será obrigado ressarcir os danos causados ao patrimônio público, além de ter os direitos políticos cassados pelo prazo de oito anos.

Esta é a segunda que os Sarney humilham Magno Bacelar. Nas últimas eleições municipais, a governadora Roseana autorizou o bloqueio das emendas parlamentares dele e ainda deu total suporte à candidatura de Dulcilene Belezinha (PRB), que o derrotou na disputa pela prefeitura de Chapadinha.

E agora, Bacelar?!

Comments are closed.