Publicidade  Prefeitura de São Luis

Os primeiros cem dias do governo Holandinha

Prestes a completar cem dias à frente da prefeitura de São Luís, Edivaldo Holanda Junior deu agilidade a gestão municipal e gradativamente tem tirado a cidade do caos administrativo consequente da desastrosa administração de João Castelo (PSDB).

As mudanças são perceptíveis principalmente nos serviços essenciais à população, como limpeza, infraestrutura, saúde e educação.

edivaldo e flavio dinoNa saúde, a gestão Holandinha reestabeleceu a normalidade no atendimento dos Socorrões, entregues ao governo Roseana por Castelo. O funcionamento do Samu foi retomado, contando atualmente com 20 ambulâncias a serviço da população. A prefeitura também firmou parceria com a Santa Casa de Misericórdia do Maranhão para ampliar o atendimento a pacientes da rede pública da capital.

Na educação as mudanças são visíveis, com a regularização do calendário escolar, que estava atrasado em mais de um ano. Em menos de 30 dias de governo, Edivaldo lançou a primeira escola em tempo integral da rede municipal, além de promover reformas e a reestruturação pedagógica de todas as escolas, implantado inclusive 1/3 de hora atividade para professores.

Visando melhorar as condições de transportes na capital, o município promoveu mudanças no tráfego, a fim de permitir uma maior fluidez nas ruas e avenidas, e reativou as barreiras eletrônicas, intensificando a fiscalização nas vias. No transporte público, a saída foi o remanejamento e criação de novas linhas de ônibus.

Outras marcas do governo Holandinha são: transparência de gestão, retomada da titulação de imóveis, regularização de salários dos servidores municipais, implantação de ações de reparos das vias públicas, restabelecimento da limpeza urbana e do funcionamento de órgãos públicos.

O certo é que cem dias não são suficientes para resolver todos os problemas de São Luís. Contudo, as ações desenvolvidas pela prefeitura nesse período são dignas de reconhecimento.

Comments are closed.