Weverton diz que recado das ruas foi claro: “os brasileiros não aceitam o avanço do fascismo” - Marrapá

Destaque

Weverton diz que recado das ruas foi claro: “os brasileiros não aceitam o avanço do fascismo”

O senador Weverton comentou sobre as manifestações ocorridas ontem, em várias partes do Brasil, contra o fascismo, o governo Bolsonaro e a favor da democracia.

“Um recado claro foi dado nas ruas hoje: os brasileiros não aceitam o avanço do facismo e ataques à democracia. O povo brasileiro quer um governo que trabalhe pelo Brasil mais do que trabalhe pela sua reeleição. Ou o presidente entende isso ou perderá de vez a legitimidade”, afirmou.

“Brasil ultrapassou hoje meio milhão de casos de Covid-19. Meio milhão de brasileiros, com quase 30 mil vidas perdidas. E ainda temos que brigar por democracia. Mas vamos virar esse jogo, porque #Somos70porcentro que não aceitam mais desmandos e querem um país melhor”, completou Weverton.

Comantário

  1. O recado foi dado??? Quer dizer que, vagabundo vestido de preto, capuz e mascara preta agredindo manifestantes vestindo roupas com as cores do Brasil, bem como praticando atos de vandalismo pode ser considerado como Democracia? Pelo vsto, para o Weverton é normal isso.
    Será que o imbecil do Weverton sabe ao menos o conceito de Facismo? Segundo o que determina o Wikipedia, “Fascismo é uma ideologia política ultranacionalista e autoritária caracterizada por poder ditatorial, repressão da oposição por via da força e forte arregimentação da sociedade e da economia.”
    Para começo de conversa: o Brasil não tem um ditador, mas um presidente eleito de modo democrático por mais de 55 milhões de brasileiros e eleitores cansados de tanta corrupção e bandidagem praticados pelos partidos da esquerda, como PT, PC do B, PDT e etc. E não é o caso do Brasil.
    Agora o Weverton é simpatizante de práticas de anarquia e fica usando redes sociais para falar as idiotices e merdas rotineiras. Daqui a pouco, o BOÇAL do tal de Marcio “rato” Jerry irá também “vomitar” as dele.
    Sinceramente é lamentável.

Comments are closed.