Roberto Rocha: Do ostracismo ao papel de bobo da corte bolsonarista - Marrapá

No Banner to display


Destaque

Roberto Rocha: Do ostracismo ao papel de bobo da corte bolsonarista

O senador Roberto Rocha, o autointitulado Asa de Avião, se elegeu em 2014 debaixo do sovaco de Flávio Dino. Menos de um semestre depois, ele já estava fazendo voo solo, e atacando aquele que o fez decolar para o Senado Federal.

O tempo passou, a ex-presidente Dilma Rousseff sofreu impeachment – com a ajuda de RR – e o senador maranhense colou no ex-presidente Michel Temer. Sem projetos e sem moral com o governo Federal, acabou caindo no ostracismo. A prova foi a pífia votação obtida em 2018, quando teve menos votos que um deputado estadual.

Eis que Roberto Rocha se reinventou com a eleição do presidente Jair Bolsonaro, adversário de Geraldo Alckmin, então seu candidato nas eleições.

Do ostracismo, Roberto Rocha conseguiu protagonismo com a família Bolsonaro. No papel de bobo da corte presidencial, é ele o responsável por ataques diários ao principal adversário de Jair: o governador Flávio Dino.

Debochado e, às vezes, fanfarrão, Asa de Avião usa suas redes sociais para atender ao pedido do seu reinado. Ele já virou até companheiro de farra dos Bolsonaro, sobretudo dos seus colegas de parlamento Flávio e Eduardo.

Sem discurso, sem projeto e com uma pífia participação legislativa após quatro anos e meio como senador, Roberto Rocha se encontrou como o bobo da corte dos Bolsonaro. Papel que vem desempenhando muito bem, segundo informações dos corredores de Brasília.

3 Comnetários

  1. Pira de ódio sr assecla kkkkkk

    “O ministério da saúde adverte: ser odioso o tempo todo causa impotência” kkkkkkk

  2. Blog comprado. Roberto, é o único senador que presta no Maranhão. Os outros dois, são dois idiotas que só servem pra fazer mandados do pior governador do Brasil.

Comments are closed.