Queda na classe média - Marrapá

No Banner to display


Destaque

Queda na classe média

Um de cada três brasileiros de classe média que consideravam o governo Bolsonaro ótimo ou bom mudou de ideia. 

Em janeiro, Bolsonaro tinha apoio de 53% na faixa de renda de 2 a 5 salários mínimos. Agora, São 35%. 

Na fatia mais pobre da população, o índice caiu de 41% para 29%. 

Os dados são do Ibope. 

Comantário

  1. A classe média nada mais é do que o grande para-choque ou amortecedor. Seu grande papel é evitar um embate direto entre explorado e explorador.
    Na sua essência é formada por pequenos empresários, autônomos ( médicos, advogados e outros) e servidores públicos bem remunerados. Pensam e são doutrinados a pensarem que estão do lado de lá, mas nunca saíram do lado de cá, pois ,assim como o lado de cá, têm apenas sua força de trabalho para trocar.
    Collor e FHC quase os exterminaram, mas cresceram vertiginosamente nos governos Lula e Dilma. E nestes dois últimos governos foram convencidos pelos de lá que pertenciam a esse grupo e não aos de lá. Aí veio o que temos hoje, a certeza de foram enganados.
    Essa classe média sempre teve boa moradia, plano de saúde, boas escolas, universidades e lazer. Talvez, devido a isto sempre defendem qualquer tipo de privatização e redução de investimentos governamentais nas áreas de saúde, educação e programas sociais, pois não precisam.
    Mas mesmo nesta classe média há aqueles que já acordaram e lutam com os de cá por justiça!

Comments are closed.