Polícia bate à porta do gabinete de Andrea Murad - Marrapá

Geral

Polícia bate à porta do gabinete de Andrea Murad

Andrea Murad Gabinete
Em apuros: além do pai, assessor de Andrea Murad também está na mira da Polícia Federal.

As investigações da Polícia Federal na Operação Sermão aos Peixes batem à porta da histriônica deputada estadual Andrea Murad (PMDB), filha do ex-secretário de Saúde Ricardo Murad (PMDB).

Nomeado no gabinete de Andrea na Assembleia Legislativa do Maranhão, Sérgio Sena de Carvalho teve o pedido de prisão preventiva negado pela Justiça Federal, mas foi conduzido à força à sede da Polícia Federal, na última segunda-feira (16), para prestar esclarecimentos sobre sua participação na “organização criminosa” comandada pelo cunhado da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Sena assinou quase todos os contratos superfaturados da gestão Murad. Foi uma forma que o ex-secretário encontrou para resguardar-se de possíveis acusações de irregularidades nas terceirizações realizadas pela Secretaria Estadual de Saúde entre 2009 e 2014.

Com o fim do governo Roseana, para não deixar o comparsa desempregado, Ricardo mandou nomeá-lo no gabinete de Andréa Murad em um cargo isolado com vencimento que pode chegar a R$ 18 mil.

ApO21WqSYnEhQSiyg2Dgtgdei0PM-MKunyqU7hvEPbOV
Nomeação de Sérgio Sena no gabinete da deputada estadual.

Sena seria, segundo os investigadores da Polícia Federal, a peça chave para ajudar a entender o modus operandis da organização criminosa que desfalcou a saúde do Maranhão em mais de R$ 1 bilhão.

Comments are closed.