Pé de gelo: Roberto Rocha vai afundar mais um presidente? - Marrapá

Destaque

Pé de gelo: Roberto Rocha vai afundar mais um presidente?

O senador Roberto Rocha, o Asa de Avião, é conhecido no meio político como ‘pé de gelo’, aquele que não tem lá muita sorte – ou competência – para disputas políticas.

Eleito deputado federal em 2006 por causa de Zé Reinaldo e vice-prefeito em 2012 e senador em 2014 graças a Flávio Dino, RR nunca teve resultados expressivos em carreira solo.

E o pior, costuma atuar como uma espécie de âncora com os seus aliados.

O maior exemplo é o ex-candidato a presidente em 2014 Aécio Neves. Roberto Rocha era o maior cabo eleitoral do tucano em 2014. Resultado: derrota para Dilma.

Sem saída, RR teve que se aliar à petista, que meses depois sofreu impeachment.

Em seu lugar assumiu Michel Temer, a quem o senador maranhense colou também. Sem sucesso, já que ele saiu com reprovação recorde do Planalto.

Nas eleições de 2018, foi apoiador do tucano Geraldo Alckmin, que teve resultado pífio.

Agora, se escora em Bolsonaro, que está em queda livre.

Pelo visto, a traição de Roberto Rocha a Flávio Dino foi benéfica ao comunista. Pelo menos o governador não está sendo vítima do pé de gelo do Mick Jagger do Maranhão.