O que Edilázio KKK encontrará em visita ao Porto do Itaqui amanhã - Marrapá

Destaque

O que Edilázio KKK encontrará em visita ao Porto do Itaqui amanhã

O deputado federal Edilázio KKK estará, amanhã, no Porto do Itaqui. Ele, que parece ter problemas pessoais com portos – já que foi contra o porto turístico da península, inclusive com falas preconceituosas contra pobres – levará a Comissão de Controle e Fiscalização da Câmara para tentar achar alguma irregularidade na atual gestão da EMAP.

O que Edilázio KKK ainda não se atentou é de que os números que poderão ser apresentados, no comparativo entre a gestão de Flávio Dino e da ex-governadora Roseana Sarney, da qual ele é ferrenho defensor, pode colocá-lo em uma verdadeira saia justa durante a visita.

O primeiro número diz respeito ao lucro do Porto. Antro de apadrinhados políticos na gestão passada, o Porto lucrou apenas R$ 55 milhões entre 2011 e 2014. Somente no primeiro ano do governo Dino, 2015, o número subiu para R$ 68 milhões. Em um ano o montante arrecadado foi de R$ 12 milhões a mais do que em quatro anos da gestão anterior.

Fora os lucros, todos os outros indicadores subiram enormemente, acumulando, ano após anos, recordes que colocaram o Itaqui como o porto público que mais cresceu no Brasil, de acordo com o Anuário Estatístico 2018 da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq).

A visita organizada por Edilázio KKK pode ser um tiro no pé do seu grupo político, e deve fazer órgãos como a CGU e o TCU, que participarão da inspeção, constatarem que, sob o comando da oligarquia Sarney, o Porto do Itaqui foi um retumbante fracasso, principalmente porque com Dino ele acumulou recordes históricos.

3 Comnetários

Comments are closed.