O desespero do PSL em São Luís - Marrapá

No Banner to display


Destaque

O desespero do PSL em São Luís

O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, se prepara para as eleições de 2020 já visando o pleito de 2022. Para isso, ele precisa se fortalecer municipalmente, sobretudo elegendo prefeitos nas capitais brasileiras.

Nesse contexto, São Luís terá um papel fundamental, já que é a maior cidade do estado do seu principal adversário, o governador Flávio Dino.

Ainda sem um nome definido, o PSL mostra desespero ao filiar uma série de nomes que podem concorrer à Prefeitura de São Luís.

O último dele foi o ex-prefeito Tadeu Palácio. Nomes como o do médico Allan Garcês e do superintendente da SPU, Coronel Monteiro, também foram cogitados.

Até a candidata derrotada ao governo Maura Jorge mostrou interesse em disputar o pleito.

Sem um candidato certo e competitivo, o PSL atira para todo lado. Mas parece não acertar em nada.