Ministro de Bolsonaro anuncia 12 concessões, não inclui Porto do Itaqui e desfaz fake news sarneyzista - Marrapá

Destaque

Ministro de Bolsonaro anuncia 12 concessões, não inclui Porto do Itaqui e desfaz fake news sarneyzista

Diferente do que pregam diariamente os sarneyzistas, o governo Bolsonaro não tem intenção nenhuma de privatizar o Porto do Itaqui. Nesta quinta-feira, 28, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, apresentou o cronograma das primeiras concessões de ferrovias, portos e aeroportos do governo federal em 2019, entre março e abril.

Serão leiloados: três blocos, num total de 12 de aeroportos; terminais em quatro portos; e um trecho de mais de 1,5 mil quilômetros da Ferrovia Norte-Sul (subdividido em dois trechos para a licitação).

Os leilões dos aeroportos acontecerão no dia 15 de março, enquanto os dos portos serão feitos nos dias 22 de março e 5 de abril. Já os leilões dos trechos ferroviários serão no dia 28 de março.

Para determinar as concessões, o governo já fez a opção pelo critério de maior outorga, ou seja, vencerá a licitação (feita por leilão) a empresa ou consórcio que oferecer o maior valor pelo direito de explorar os serviços daquela infraestrutura pelo prazo determinado para a concessão.
No caso dos aeroportos e ferrovias, o prazo é de 30 anos. Já para terminais de portos, o prazo pode ser de 15, 20 ou 25 anos.

Portanto, o governo Bolsonaro desfaz uma fake news – que parece mais desejo – alimentada pelo clã Sarney.

Comantário

  1. Pelo que entendi até agora o governo federal pretende voltar a administrar o porto e não privatizar, não sei se entendi errado.

Comments are closed.