Ministério da Saúde distribuiu apenas 557 dos 15 mil respiradores comprados - Marrapá

Destaque

Ministério da Saúde distribuiu apenas 557 dos 15 mil respiradores comprados

O Ministério da Saúde distribuiu apenas 557 dos 15 mil respiradores comprados durante a pandemia do novo coronavírus.

Segundo o número 2 da pasta, Eduardo Pazuello, a demora para a entrega dos respiradores se deu por causa de uma empresa chinesa. A compra já estava fechada, quando o Ministério da Saúde percebeu que a fornecedora não teria condições de entregar todos os equipamentos.

“O Ministério da Saúde fez uma compra de 15 mil respiradores da China e não pagou nenhum centavo a ninguém, mas verificou que à época essa empresa não tinha condições de fornecer. Como viu isso, o processo foi cancelado sem pagamento algum”.

Pazuello contou que em abril recorreu ao mercado nacional para comprar os respiradores, que ficarão prontos até julho.

“As quatro empresas não tinham inicialmente condições de se estruturar nas suas plantas para fornecer em grandes quantidades, tiveram de se adequar e, para isso, o ministério aportou recurso. Contratamos perto de 16 mil respiradores, com uma entrega dilatada de abril a julho, numa crescente. Essas empresas vêm fornecendo e, gradativamente, aumentando a sua capacidade de entrega. A previsão é de agora, em maio, chegarmos até o final do mês com 2,6 mil desses respiradores entregues”. (O Antagonista)