MBL transforma secretário do DEM em "comunista" - Marrapá

Destaque

MBL transforma secretário do DEM em “comunista”

Um jovem ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL), grupo conhecido pelo apoio eleitoral irrestrito a Jair Bolsonaro (PSL) em 2018, tentou causar tumulto durante a cerimônia de abertura dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) 2019, na noite desta quinta-feira, 8.

Descontrolado, o coordenador do MBL no Maranhão, Gustavo Carvalho, foi a festa de lançamento dos jogos e passou a rondar e fazer provocações ao secretário estadual de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira.

Cafeteira deu de ombros e respondeu com tranquilidade aos esperneios do militante mirim. “Tão bobão”, disse o secretário.

Uma cunhada de Cafeteira, no entanto, acabou se incomodando com as investidas de Gustavo Carvalho e quis interromper a filmagem que o líder do MBL tentava fazer em suposto “tom denúncia”. Após ser vítima de agressão de Carvalho, a cunhada revidou, e em legítima defesa, arranhou o pescoço do rapaz.

Cafeteira relatou o acontecido (leia abaixo) e sua isenção no lamentável episódio. Apesar disso, Gustavo Carvalho divulgou vídeo onde ele chama Cafeteira de “vagabundo” e acusa o secretário de agressão – que não existiu.

Chama atenção que Gustavo Carvalho enquadrou o secretário Rogério Cafeteira como “comunista”, em referência ao governador Flávio Dino, que é do PCdoB, partido de esquerda ojerizado pelo ideário de extrema direita defendido pelo MBL.

O problema é que Cafeteira é do DEM, partido umbilicalmente ligado ao MBL. Membros do MBL divulgaram o vídeo tentando chamar a atenção de líderes nacionais do movimento, como o deputado federal Kim Kataguiri. Em vão. Nem mesmo o MBL nacional se pronunciou sobre a falsa polêmica.

Gustavo Carvalho se diz líder do MBL no Maranhão, mas em suas redes sociais ele afirma que mora longe do estado, no Canadá.

Leia abaixo o relato de Cafeteira:

Sobre o acontecido que vem sendo divulgado em alguns grupos, sobre uma suposta agressão minha, venho esclarecer: na saída da festa de abertura do JEM’s, fui abordado por um rapaz – que soube somente depois que se tratava de Gustavo Carvalho do MBL. Após ele fazer uma gravação, tentando me constranger, eu apenas respondi pra ele: “tão bobão”.

Vendo esta cena, minha cunhada puxou o telefone da mão dele, por achar que foi desrespeitoso. Em seguida, ele a agarrou e iniciou uma briga.

Ela foi agredida, ofendida de “vagabunda” e arranhou ele durante a confusão.

Acreditando que sempre a verdade prevalece, ele terá oportunidade de comprovar a acusação e a mulher agredida de buscar as reparações devidas

2 Comnetários

  1. Vocês tem a prova de que de fato o cara(o estudante) não foi agredido por esse imundo? Lembrem-se que esse sujeito(Rogério Cafeteira) já se envolveu em outras confusões, como foi o caso do “cacete” que ele levou de um pai no estacionamento do colégio Crescimento. Foi querer “dar” uma de macho e simplesmente levou um “couro” desse pai.
    Portanto, antes de prejulgar uma pessoa, escute as 02 partes, ao invés de apenas uma única.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.