MA perde R$ 170 milhões com nova divisão do pré-sal e Roberto Rocha concorda - Marrapá

Destaque

MA perde R$ 170 milhões com nova divisão do pré-sal e Roberto Rocha concorda

Como esperado, os estados do Nordeste perderam a batalha política na Câmara sobre a nova divisão do pré-sal e, a maioria, tiveram reduzidas as porcentagens na partilha dos mais R$ 106,6 bilhões do leilão que será realizado em novembro.

No Maranhão, o impacto foi de cerca de R$ 170 milhões a menos com o novo acordo aprovado pela Câmara.

Ao todo, a partilha anterior, que passou no Senado, mas foi rejeitada na Câmara, beneficiava mais o Norte e o Nordeste.

Agora, dos 10 Estados que mais receberão recursos, 5 estão no eixo Sudeste/Sul e Centro-Oeste e outros cinco são do Norte ou Nordeste. Na divisão anterior, oito Estados entre os dez primeiros da lista eram do Norte ou do Nordeste (Veja a relação completa na foto acima).

Sobre o novo texto sobre a partilha dos recursos do megaleilão do pré-sal ser aprovado pela Câmara e pelo Senado, o senador maranhense Roberto Rocha (PSDB), em entrevista ao Estadão, disse que acha que é o possível. “Dá para compatibilizar os dois ‘Brasis’”, afirmou.

Bem que ele poderia ter ficado ao lado do Maranhão e ter defendido os estados mais pobres do Nordeste. Mas…