Juscelino Filho seguirá o Código de Ética da Câmara no caso do pedido de cassação de Eduardo Bolsonaro - Marrapá

Destaque

Juscelino Filho seguirá o Código de Ética da Câmara no caso do pedido de cassação de Eduardo Bolsonaro

O pedido de desculpas de Eduardo Bolsonaro – que defendeu o AI-5 – “deve ser considerado”, ponderou o presidente do Conselho de Ética da Câmara, Juscelino Filho, ao Estadão.

O deputado do DEM do Maranhão diz que “não se dá por satisfeito” mas admite que “há um reconhecimento do erro cometido”. E esclarece que, para não haver queixas, “seguirá rigorosamente” o Código de Ética da Casa.

O pedido de cassação do deputado do PSL, feito pelo líder Alessandro Molon e pela Rede Sustentabilidade, não chegou ainda à mesa do Conselho. Mas é sabido que a maioria, por lá, é favorável ao filho do presidente.