Inelegibilidade de Roseana gera crise dentro do clã Sarney - Marrapá

Destaque

Inelegibilidade de Roseana gera crise dentro do clã Sarney

A inelegibilidade de Roseana, após petição encaminhada ao Ministério Público Eleitoral pelo deputado federal Rubens Júnior, caiu como uma bomba dentro do clã Sarney. A notícia gerou crise interna sobretudo pelo descuido da equipe de advogados da oligarquia, comandada por Anna Graziella.

Roseana está inelegível por ter poderes de administração e de representação nas empresas da Televisão Mirante e nas rádios Mirante AM e Mirante FM. E por esse motivo, as empresas não poderiam manter contratos com o poder público nos seis meses que antecedem as eleições.

Dentro do clã Sarney, o clima é de revolta com o desleixo da equipe de advogados de Roseana, que abriu brecha para a notícia de inelegibilidade protocolada por Rubens Júnior. Bem fundamentada e fartamente instruída com muitos documentos, a iniciativa pode tirar Roseana das eleições de outubro.

Após a notícia que abalou a oligarquia, a equipe de advogados comandada por Anna Graziella entrou na berlinda, já que, além desse descuido, ela vem colecionando uma série de derrotas em representações impetradas contra Flávio Dino no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Não perceber que Roseana teria que se afastar das suas funções no Sistema Mirante de Comunicação pode ter sido a gota d’água para a equipe de advogados que representa a candidata da oligarquia Sarney. O clima dentro do clã não é nada amistoso.

Comments are closed.