Estrelas do PSL gritam contra STF, mas silenciam sobre sumiço de assessor - Marrapá

No Banner to display


Destaque

Estrelas do PSL gritam contra STF, mas silenciam sobre sumiço de assessor

Os principais políticos do PSL foram às redes sociais protestar contra a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que determinou nesta quarta (19) a soltura de todos os presos condenados em 2ª instância.

O problema é que ninguém disse um pio sobre o sumiço de Fabrício Queiroz.

O ex-assessor de Flávio Bolsonaro alegou uma emergência médica para não depor no MP do Rio sobre os repasses em sua conta.

O protestos começaram com o irmão de Flávio, Eduardo Bolsonaro.

O Brasil elege um novo presidente que está fora de escândalos de corrupção; esse presidente nomeia para ministro da justiça o juiz símbolo do combate à corrupção; no exterior começa a se formar uma perspectiva de que k Brasil pode voltar a ser um país sério; aí vem uma decisão judicial e põe em xeque toda essa construção!”, escreveu.

A deputada federal Joice Hasselmann, por sua vez, disse que “se o STF não reagir imediatamente provará que compactua com o subserviente ministro q provou servir aos interesses do PT”.

Já o ex-ator pornô Alexandre Frota chamou o STF de “nojento”. “Estou em Aparecida rezando pelo Brasil”.

E a deputada estadual Janaína Paschoal afirmou que “a decisão vem de encontro com os anseios de uma sociedade vítimada por crimes de todas as naturezas”.

Da Veja 

Comantário

Comments are closed.