Empresários ameaçam barrar licitação do transporte de São Luís - Marrapá

Geral

Empresários ameaçam barrar licitação do transporte de São Luís

Anunciada no mês de março deste ano, a licitação do transporte público da capital deixou alguns empresários do ramo sobressaltados. Isso porque com o fim dos privilégios, quem não atender as exigências do edital vai perder a concessão.

O medo de perder o direito de fazer o transporte é tanto que empresários do ramo dizem que vão entrar na justiça para barrar o processo licitatório, garantindo que conseguirão paralisar o processo com o apoio de amigos togados no Tribunal de Justiça do Maranhão e no Tribunal de Contas do Estado. Tudo porque não querem investir na reestruturação do serviço, que exige por exemplo veículos com ar-condicionado e com menos de sete anos de uso.

A verdade é que alguns magnatas do transporte não querem perder um centavo, mas também não se importam se a população vai estar bem servido. Os atrasos dos salários aos rodoviários neste ano foi uma maneira dos empresários pressionar a Prefeitura de São Luís a aumentar a tarifa neste ano. Esse pessoal não dá ponto sem nó.

A resposta do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) foi a licitação, que vai transformar o sistema de transporte coletivo de São Luís e democratizar a concorrência de quem deseja fornecer o serviço na capital. De forma clara e transparente, vale lembrar que isso acontece pela primeira vez na capital.

Além da manutenção dos benefícios já implantados pela Prefeitura como o Bilhete único e Biometria Facial, a licitação vai exigir que todos os coletivos possuam ar-condicionado, que não ultrapassem o limite de tempo de uso do carro e tenham acessibilidade.

Comments are closed.