Em resposta, Roseana detona Janot: “Começar pelo MA para satisfazer suas taras etílicas foi ato de baixeza” - Marrapá

Destaque

Em resposta, Roseana detona Janot: “Começar pelo MA para satisfazer suas taras etílicas foi ato de baixeza”

Na última segunda-feira, o Marrapá noticiou que parte do polêmico livro do ex-PGR Rodrigo Janot conta episódio envolvendo a ex-governadora Roseana Sarney e o presídio de Pedrinhas.

Neste sábado, por meio do jornal da sua família, o Estado do Maranhão, Roseana escreveu um artigo em que detona Janot.

Ela inicia sua fala classificando como irresponsáveis as confissões do ex-PGR. “Todos buscam entender do que se trata: podridão moral; doença psiquiátrica; loucura; demência alcóolica; ou simplesmente um patológico processo midiático e comercial”.

A ex-governadora disse que a declaração de Janot revela sua obsessão pelo Maranhão e “pelo inferno que se transformou os meus dois últimos anos de governo”, escreveu, ao se referir a crise instalada no sistema penitenciário.

No artigo, Roseana classifica como insanidade o pedido de intervenção federal feito por Janot. Àquela época, mais de 60 presos haviam morrido em Pedrinhas e outros presídios do estado, em cenas de barbárie medieval que chocaram o mundo.

Na publicação, a ex-governadora ainda tenta defender a sua administração na área do sistema carcerário, e coloca, em Janot, a culpa pelo escândalo nacional ocorrido.

“O que fez o Sr. Janot diante dos homicídios do tráfico de drogas e armas, da violência contra as mulheres e do ódio de gênero? Que desfaçatez! Começar pelo Maranhão para satisfazer suas taras etílicas foi um ato de baixeza, achando que aqui não tinha autoridade”, disparou uma irritada Roseana.

Então tá!

2 Comnetários

  1. Verdades doem, princesa dos Sarneys… O caus no sistema prisional na época de sua gestão foi um verdadeiro desastre.

Comments are closed.