Deputado Humberto Coutinho concede primeira entrevista como presidente da AL - Marrapá

Geral

Deputado Humberto Coutinho concede primeira entrevista como presidente da AL

Deputado Humberto Coutinho concede primeira entrevista como presidente da AL

Na primeira entrevista coletiva, enquanto presidente, o deputado Humberto Coutinho (PDT) garantiu, neste domingo (1), que irá valorizar a Assembleia Legislativa do Maranhão. Bastante emocionado, o presidente assegurou que assumiu o cargo com vontade de trabalhar e prestigiar os colegas de Plenário.

Os deputados Edilázio Júnior (PV), primeiro secretário, Carlinhos Florêncio (PHS), segundo secretário, e Alexandre Almeida (PTN) também acompanharam a entrevista. O novo presidente frisou por diversas vezes que a Assembleia vai ter atuação independente e harmônica em relação ao Governo Flávio Dino.

“Vamos trabalhar de forma independente, mas respeitando a harmonia dos poderes, para podermos resolver os problemas graves do Maranhão, como o combate ao baixo IDH”, assegurou. De volta à Assembleia, depois de ter exercido quatro mandatos de deputado estadual, Humberto Coutinho garantiu também que saberá administrá-la em parceria com a Mesa Diretora e os demais deputados, sem distinção entre oposição ou situação.

HARMONIA E INDEPENDÊNCIA

“Eu, na condição de presente, não enxergo quem é oposição ou governo. Todos vão ter o mesmo tratamento”, assegurou. Citou o exemplo da candidatura a presidente da deputada Andréa Murad (PMDB), que obteve dois votos, como demonstração de que a democracia prevalece na Assembleia.

O presidente afirmou que não haverá muitas alterações na Casa, mas lembrou que cada presidente tem seu estilo e modo de administrar. Ele também se comprometeu em valorizar a Comunicação, ampliando a cobertura da TV Assembleia, para interiorizar as ações dos deputados.

AMPLIAÇÃO DA TV

“O Sistema de Comunicação vai ser ampliado, para que os maranhenses possam tomar conhecimento das ações parlamentares. Temos uma TV grande que vinha sendo subutilizada”, afirmou. O presidente se comprometeu, também, em analisar o concurso realizado na gestão do ex-presidente Arnaldo Melo (PMDB) e conversar com os concursados e com os servidores da Casa. “Diálogo é fundamental e conversando com todos a gente se entende”, disse.

O novo presidente revelou que em 15 dias terá condições de detalhar as melhorias das ações que serão adotadas em sua gestão, após analisar a situação da Casa. Frisou, ainda, que se sente preparado para ser presidente, após ter sido deputado e prefeito de Caxias por duas vezes. “É uma grande responsabilidade administrar a Casa, um grande desafio, mas eu estou preparado para ser presidente”, assegurou.

Na entrevista abordou ainda temas como o papel da Assembleia em investigações e admitiu que o tema da criação de novos municípios “é bastante polêmico”.