Decreto de armas de Bolsonaro libera cidadão comum para comprar fuzil - Marrapá

No Banner to display


Destaque

Decreto de armas de Bolsonaro libera cidadão comum para comprar fuzil

O decreto assinado neste mês pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que regulamenta o porte e posse de armas no país, permitirá a qualquer cidadão comprar um fuzil.

Até agora, segundo definição estabelecida pelo Exército em 2000, poderia ser considerada de uso restrito a arma que disparasse projétil com energia de lançamento acima de 407 joules.

No novo decreto, o limite foi ampliado para 1.620 joules.

O decreto também ampliou para um conjunto de 20 categorias profissionais que não precisarão comprovar “efetiva necessidade” para justificar a solicitação para o porte junto à Polícia Federal.

O porte foi ampliado para todas as armas de uso permitido.

Além do fuzil, foram liberadas pistolas .40, .45 e 9mm. Entram nessa categoria as pistolas .40 S&W, .45 Colt, 9mm Luger, .44 SPL, entre outras.