Caso Tramitty: Suposto esquema geriu R$ 64 milhões em recursos da Petrobras - Marrapá

Geral

Caso Tramitty: Suposto esquema geriu R$ 64 milhões em recursos da Petrobras

Direção e funcionários da Tramitty: Graves indícios na gestão de R$ 64 milhões de compensação ambiental da Petrobras.
Direção e funcionários da Tramitty: Graves indícios de irregularidades na gestão dos recursos de compensação ambiental repassados ao Maranhão pela Petrobras

O deputado estadual Fernando Furtado (PCdoB) recebe nos próximos dias da Secretaria de Transparência e Controle do Maranhão as informações sobre todas as atividades prestadas pela Tramitty Business to Government à Secretaria de Meio Ambiente do Estado.

A empresa geriu boa parte dos R$ 64 milhões repassados à Sema pela Petrobras, como forma de compensar o Maranhão pelos danos causados ao meio ambiente durante a instalação da Refinaria Premium I, de Bacabeira.

Informações preliminares dão conta de irregularidades no processo de contratação da Tramitty. Num dos casos, está evidente o esforço para adequar o termo de referência para o direcionamento de uma licitação de R$ 5 milhões que favoreceu todo o núcleo de diretores e coordenadores da empresa.

A Tramitty Bussiness foi contratada em 2011, ainda na gestão de Victor Mendes. As irregularidades, contudo, ficaram mais do que evidentes depois que aliados dos deputados Sarney Filho e Adriano Sarney, ambos do Partido Verde, fecharam a porteira da secretaria.

Comments are closed.