Camarão explica decreto que prevê volta às aulas no Maranhão - Marrapá

Destaque

Camarão explica decreto que prevê volta às aulas no Maranhão

Diante de uma enxurrada de desinformação, o secretário de Educação Felipe Camarão usou as redes sociais para explicar à população como funcionará o decreto que prevê a volta às aulas a partir do dia 14 de junho.

Veja a explicação nas palavras de Camarão:

A suspensão das aulas presenciais foi prorrogada novamente, após avaliação da situação epidemiológica dos últimos 15 dias, como habitual e responsavelmente vem fazendo o gov. Flávio Dino desde março.

O decreto prevê que a partir do dia 15/06, caso liberado pelas autoridades sanitárias após nova avaliação, as aulas presenciais poderão ser retomadas, de maneira GRADATIVA por nível de ensino, dos mais elevados para o mais básico.

Em outras palavras, caso tudo ocorra de maneira favorável neste período com relação à situação epidemiológica, a partir do dia 15/06 SOMENTE os cursos de graduação e pós-Graduação poderão retomar suas atividades presenciais.

Recapitulando: caso td seja positivo e a retomada dos cursos de graduação e pós ocorra, nova avaliação da situação epidemiológica será feita. Permanecendo favorável, partiremos para a segunda retomada., que é o Ensino Médio.

Para isso, novo ato normativo será publicado, informando  uma data para que as escolas de Ensino Médio possam retornar suas atividades, de maneira GRADUAL, RESPONSÁVEL e com mt CAUTELA.

Dessa forma, seguiremos. Nova análise da situação epidemiológica e avaliação prudente para definir se poderemos avançar para a retomada das aulas para o nível Fundamental maior. Se pudermos avançar, novo ato normativo será publicado e apresentará a data para essa retomada.

Fiquem todos despreocupados e cientes de que tudo está sendo feito com muita responsabilidade e cautela. Cada avanço será feito passo a passo, com mt análise. Se for preciso voltar atrás, voltaremos, ao menor sinal. Somos gestores públicos, mas tb pais e mães de família.

Outro ponto importante ressaltar é que p/ que essa retomada aconteça, tds as instituições de ensino deverão cumprir medidas de segurança obrigatórias, como aquisição de kits de higiene e desinfecção p/ estudantes e funcionários; distanciamento entre todos no ambiente escolar;

Aferição da temperatura de tds, tds os dias, afastamento de qq pessoa que esteja com qq sinal de gripe e pessoas do grupo de risco, diferenciação nos horários de entrada e saída de tds as turmas, para que estudantes não se encontrem e gerem aglomeração.

As medidas de higienização dos ambientes escolares tb serão rigorosas. Tds os espaços deverão ser limpos com mais frequência, e as áreas para compras em lanchonetes, por exemplo, serão demarcadas, para garantir o distanciamento entre os estudantes.

Para garantir o distanciamento necessário entre todos, se for necessário, as escolas deverão adotar o rodízio de estudantes e professores durante a semana, adotando a metodologia de atividades presenciais e não presenciais.

Nos cursos de graduação e pós-graduação, as avaliações presenciais só poderão ocorrer, quando não for possível a realização remotamente. Solenidades de formatura deverão ocorrer de forma virtual, por meio de videoconferências, e atividades esportivas presenciais seguem proibidas.

São mts cuidados que estão sendo tomados, p/ tentarmos garantir um retorno o + calmo e exitoso possível. Considerando que td seja favorável e possamos seguir avançando, ainda assim, levaremos alguns meses para que TODAS os estudantes, tenham voltado p/ as suas aulas presenciais.

É um momento que jamais vivemos, que tem nos desafiado a cada dia. Que Deus continue dando sabedoria a todos, para que compreendam que para vencermos cada um precisa fazer a sua parte. Que Ele nos abençoe!