Bolsonaro quer guerra civil contra governadores e prefeitos - Marrapá

Destaque

Bolsonaro quer guerra civil contra governadores e prefeitos

No vídeo da famigerada reunião do último dia 22 de abril, Jair Bolsonaro defendeu que o povo se arme para confrontar, entre outras coisas, as medidas de governadores e prefeitos visando combater a proliferação do novo coronavírus no país.

Bolsonaro exigiu do então ministro da Justiça, Sergio Moro, uma portaria para facilitar o acesso a armas pela população.

“Se eu fosse ditador, eu queria desarmar a população”, disse Bolsonaro no encontro, realizado no Palácio do Planalto, segundo gravação da reunião divulgada na sexta-feira por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Quero escancarar a questão do armamento aqui”.

A gravação divulgada por decisão do ministro Celso de Mello reforça a tese de que o presidente da República interferiu na Polícia Federal para blindar os filhos e amigos de investigações policiais.