Bolsonaro e o dilema de Eduardo Braide - Marrapá

Destaque

Bolsonaro e o dilema de Eduardo Braide

Deputado federal eleito, Eduardo Braide (PMN) inicia 2019 já de olho nas eleições municipais do ano que vem. No jogo para a Prefeitura de São Luís, apesar da derrota em 2016, o parlamentar vincula sua candidatura à conjuntura nacional.

Como seu partido não conseguiu votos suficientes para superar as cláusulas de barreira, ele será obrigado a trocar de legenda se quiser disputar de forma competitiva o comando da capital maranhense.

É aí que entra o grande dilema de Braide. Muitos dos entusiastas da sua campanha defendem que ele deve integrar um partido da base de Bolsonaro. Astuto, ele próprio sabe que é cedo para escancarar ligação com um presidente instável.

A hesitação de Eduardo Braide passa pelo fato do atual governo federal, em apenas 9 dias, demonstrar uma série de contrassensos e ser massacrado até por eleitores que acreditaram no capitão reformado.

A tendência é que o deputado do PMN continue calado. Outubro de 2020 ainda está muito longe para as decisões serem tomadas agora. Em pouco menos de dois anos, o xadrez político muda muito.

E é por isso que Braide prefere ter paciência para movimentar as peças.

3 Comnetários

Comments are closed.