Blogueiro bolsonarista ensinou ao vivo como se cria uma fake news - Marrapá

Destaque

Blogueiro bolsonarista ensinou ao vivo como se cria uma fake news

Allan dos Santos, o blogueiro bolsonarista que depôs há pouco na CPMI das Fake News, contou uma história fake aos deputados e senadores e deu, sem querer, uma aula ao vivo de uma das maneiras mais comuns de se criar uma notícia falsa: usando fatos verdadeiros e misturando a eles uma invenção.

Indagado sobre os vínculos de seu blog com Olavo de Carvalho, Santos afirmou que aprendeu nas aulas do guru amalucado que o Porto de Mariel serviria para o Brasil e Cuba comercializarem armas nucleares. Ao falar isso, levantou um papel com uma reportagem da revista Veja .

A reportagem, entretanto, não fala nisso em nenhum momento. O texto da revista, de 14 de abril de 2014, cita um relatório da ONU que apontava o uso do porto para fazer o transporte de armamento para um navio da Coreia do Norte, descumprindo sanções internacionais.

A ONU sabia exatamente o que havia no tal navio porque ele foi parado no Panamá e toda sua carga, descoberta: componentes para construir mísseis (em nenhum momento se falou em armas nucleares), dois caças MiG-21 desmontados, munição, lançadores de mísseis, peças de radares, antenas, transmissores e geradores de energia.

Em nenhum momento se falou em arma nuclear nem na participação do Brasil nisso.

Da Coluna do Guilherme Amado, em Época

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.