Após boicote, Caixa volta atrás e concede empréstimos ao Nordeste; São Luís receberá R$ 133 mi - Marrapá

Destaque

Após boicote, Caixa volta atrás e concede empréstimos ao Nordeste; São Luís receberá R$ 133 mi

Desde o último dia 30 de julho, foi revelado pela mídia nacional que a Caixa, na gestão do presidente Jair Bolsonaro, boicotou a concessão de empréstimos para municípios da Região Nordeste. Após pressão da imprensa, o Governo Federal parece ter voltado atrás.

A Caixa acelerou a liberação de novos empréstimos para Estados e municípios do Nordeste após a repercussão negativa para Bolsonaro. O valor de novos empréstimos triplicou na ultima semana para R$ 270 milhões.

Em 2019, até o dia 29 de julho, haviam sido autorizados menos de dez operações, totalizando R$ 89 milhões – cerca de 2,2% do total de R$ 4 bilhões autorizados para governadores e prefeitos de todo o país.

Desde o dia 30, quando a mídia nacional bateu forte no tema, sete novos empréstimos para municípios do Nordeste entraram no sistema, entre eles o de São Luís.

Ontem, após repercussão maior da imprensa nacional, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, ordenou celeridade na liberação do maior financiamento para o Nordeste no ano.

Foram R$ 133 milhões para a Prefeitura de São Luís, destinados a obras de infraestrutura. O pedido do prefeito Edivaldo Holanda Júnior havia sido feito no dia 9 de maio e, até então, não havia sido liberado.

À noite, a Caixa aprovou o contrato para a prefeitura da capital maranhense.

Assim, a Caixa elevou o porcentual de novos empréstimos para a região de 2,2% para 5,8% nos últimos quatro dias.

Uma clara demonstração de que, depois da descoberta do boicote da imprensa, ficou feio para o governo Bolsonaro o reforce da tese de que ele não gosta do Nordeste.