Weverton não confirma Ciro 2022 e diz que PDT não ficará em “briguinha de comadre” com Bolsonaro – Marrapá
Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Weverton não confirma Ciro 2022 e diz que PDT não ficará em “briguinha de comadre” com Bolsonaro

Em entrevista ao site O Antagonista, o senador maranhense Weverton, líder do PDT no Senado, deu um indicativo de como o partido vai se comportar na política nos próximos anos.

De acordo com a publicação, a bancada do PDT no Congresso — com 4 senadores e 28 deputados — vai tentar pavimentar o caminho de uma possível nova candidatura presidencial de Ciro Gomes.

Weverton nem confirma e nem nega a estratégia “Ciro 2022”. Internamente, o PDT está inclinado em apoiar Flávio Dino nas próximas eleições presidenciais, o que inviabilizaria o ex-governador do Ceará.

“Vamos trabalhar para que exista 2022. Não dá para falar em Ciro, se não tivermos 2022”, disse o parlamentar.

Para que “alguma coisa dê certo até lá [2022]”, o PDT, segundo ele, vai “tentar tirar a turma do Bolsonaro de debates que são confortáveis para eles”.

“O PDT não vai querer saber de Fabrício Queiroz, dessas coisas de Flávio Bolsonaro, dessas questões de costumes, de azul ou rosa. Não vamos entrar nessas discussões, porque é isso que eles querem. Não ficaremos com briguinha de comadre aqui”, enfatizou Weverton.

2 Comnetários

  1. “Não ficaremos com briguinha de comadre aqui”, enfatizou Weverton..
    É esse o nível de vocabulário que um Senador utiliza. Não sei como “isso ai” conseguiu ser eleito a Senador do MA.
    Infelizmente por isso que o Maranhão se encontra no atraso, com um tipo desses.

Comments are closed.