Resultados da pesquisa por:
Roseana Sarney pode anunciar renúncia às 15h
04 de abril de 2014    |    ás: 2:26 pm    |    Postado por:     

roseana sarney 450x256 Roseana Sarney pode anunciar renúncia às 15h

Depois de ver a toda manobra para emplacar Luis Fernando Silva (PMDB) no Palácio dos Leões por meio de eleição indireta ir por água abaixo, a governadora Roseana Sarney (PMDB) pode deixar o comando do executivo estadual ainda hoje (04) para concorrer a cadeira no Senado Federal.

A governadora fará um pronunciamento às 15 horas para informar sobre a troca de secretariado. No entanto, boa parte do meio político e da imprensa apostam que ela deve oficializar sua desincompatibilização do cargo, abrindo vaga para que o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Arnaldo Melo (PMDB), assuma o governo interinamente, com possibilidades reais de concorrer à reeleição.

Fontes garantem que Roseana estaria inclinada a continuar no governo, pressionada pelos interesses empresariais do marido, Jorge Murad, e pelo desespero do pré-candidato a governador do PMDB, Luis Fernando Silva, que ameaça tirar o nome da disputa pela sucessão estadual caso ela deixe o cargo.

Do outro lado está o senador José Sarney (PMDB), que, sem condições de disputar a reeleição pelo Amapá, insiste que a filha tem que ser candidata a todo custo, para não perder a hegemonia no Senado e nem a prerrogativa de imunidade parlamentar. O oligarca desembarcou ontem (03) em São Luís e, desde então, tem exposto ela a todo tipo de tortura psicológica.

Durante o dia de ontem, o blog publicou detalhes da sessão de chantagem a que Roseana foi submetida. Fontes da cozinha do Palácio relataram que Sarney chegou a chorar para que a filha não abra mão do Senado. Chegando, inclusive, a convocar os pais-de-santo Astro de Ogum e Bita do Barão para convencer a governadora a não abandonar a política.

O aconselhamento espiritual virou a madrugada da sexta-feira e pode interferir na decisão a ser tomada por Roseana Sarney.

As próximas horas serão cruciais para o futuro da mais longeva oligarquia do Brasil.

Em caso de renúncia de Roseana, grupo Sarney deve indicar Lobão para governo
04 de abril de 2014    |    ás: 12:40 pm    |    Postado por:     

Desde ontem, o meio político dá como certa a indicação de Edison Lobão (PMDB) como candidato da oligarquia Sarney para disputar as eleições contra Flávio Dino (PCdoB) em outubro.

Lobao Suado Sarney1 Em caso de renúncia de Roseana, grupo Sarney deve indicar Lobão para governo

Grupo deve aderir à tese do patriarca.

Se a tese for mesmo confirmada na tarde de hoje, ganhará a imposição de José Sarney, que desde o começo desse imbróglio de pré-candidaturas ligadas ao grupo da oligarquia defendeu a tese de indicar o velho amigo.

Mas a escolha traz consigo uma série de implicações. Em primeiro lugar, a derrota política do governo Roseana que, mesmo em franca campanha durante 4 anos não conseguiu alavancar seu preferido Luís Fernando. Em segundo lugar, como o grupo Sarney poderá falar em renovação de práticas trazendo um velho conhecido, que já foi governador, mas que quase nada resolveu no Maranhão?

Na verdade, a possibilidade de anúncio da candidatura de Lobão é a melhor forma encontrada para fortalecer a candidatura de Roseana ao Senado (caso ela renuncie, seguindo aos apelos do pai). Roseana precisará de um palanque minimamente fortalecido e um pré-candidato com credibilidade. O que Luís Fernando não conseguiu até o momento.

É uma verdadeira encruzilhada! Quem saiu no lucro, com certeza, é Edinho Lobão. Filho dileto do possível pré-candidato do grupo Sarney, conhecido por suas grandes “bocadas” dentro do governo.

O leitor não perde por esperar.

Patetice da madrugada: Sarney leva macumbeiros para orientar Roseana
04 de abril de 2014    |    ás: 12:46 am    |    Postado por:     
Roseana Sarney macumba Patetice da madrugada: Sarney leva macumbeiros para orientar Roseana

Babalorixás visitam Roseana no Palácio a pedido de José Sarney.

Nada mais, nada menos que Bita do Barão e Astro de Ogum foram convocados no final da noite de quinta para adentrar ao Palácio dos Leões. Motivo? Convencer Roseana Sarney a ser candidata ao Senado em outubro.

A reunião de emergência com os principais babalorixás do Maranhão foi convocada por José Sarney em mais uma artimanha para provar para a filha, por A+B, que ela não deve deixar a política. Os dois pais-de-santo são da confiança da família e inúmeras vezes foram citados em artigos de José Sarney como seus orientadores espirituais.

Por detrás dessa chantagem toda encenada pelo patriarca está o medo de perder influência no Senado Federal. Mas Roseana também está sendo pressionada pela família. Segundo a Revista IstoÉ, Jorge Murad já deu o ultimo e, caso Roseana decida se candidatar ao Senado, levará junto consigo o pedido de divórcio feito pelo marido.

Mas essa confusão toda tem prazo para acabar. Nesta sexta, Roseana deve anunciar se deixa ou não o governo. Após consultar astros e barões.

Perto da renúncia, Sarney chora para chantagear Roseana
03 de abril de 2014    |    ás: 4:29 pm    |    Postado por:     

Sarney chorando 1 286x450 Perto da renúncia, Sarney chora para chantagear RoseanaChega ao ponto mais dramático a saída de Roseana Sarney (PMDB) do governo do estado. Pressionada pelo marido para deixar a política e sem disposição para enfrentar outras eleições, Roseana está tendo que enxugar as lágrimas do pai, que lhe pede para continuar na política.

Os apelos do patriarca José Sarney para que a filha permaneça na política e dispute a eleição para o Senado chegaram ao ponto da maior chantagem. A emocional. Sarney desembarcou em São Luís para ajustar as últimas cartadas da eleição em que o grupo da oligarquia terá grandes dificuldades de permanecer no poder.

Fonte da cozinha do Palácio garante que, no final da manhã desta quinta, Sarney se dirigia à filha sem conter as lágrimas. Quer que Roseana dispute as eleições para não perder hegemonia do Senado – local imprescindível para que ele mantenha seu poder de barganha na política nacional.

As lágrimas de Sarney são o retrato da desumanidade do chefe oligarca. Afinal, que pai pediria à filha que sofre há décadas com inúmeras cirurgias e dores insuportáveis que permaneça no jogo da política?

Não entende como isso é possível? Basta assistir “O Poderoso Chefão”.

Por que Roseana Sarney teme deixar o governo?
03 de abril de 2014    |    ás: 3:07 pm    |    Postado por:     

FOTO QUARTA 1 209x300 Por que Roseana Sarney teme deixar o governo?Faltando apenas um dia para a hora final da vaca desconhecer bezerro, como diria Joaquim Haickel, ainda não há uma definição a respeito do futuro da governadora Roseana Sarney (PMDB). A decisão deverá ser informada apenas às 18h de amanhã, nas dependências do Palácio dos Leões.

Deputados da base aliada na Assembleia Legislativa dão como certa a desistência dela em concorrer ao Senado Federal e até a oposição já admite a hipótese. Contudo, o presidente da Casa e sucessor da governadora em caso de desincompatibilização, pondera que Roseana, com experiência acumulada em anos de carteado, é mestra na arte de blefar. Por isso é possível que tudo não passe de um jogo de cena para forçá-lo a abrir mão de concorrer à eleição indireta.

Na imprensa, surgem inúmeras versões a respeito da desistência de Roseana. Em entrevista a radio Mirante AM, a governadora admitiu a possibilidade de não deixar o Palácio dos Leões quando afirmou que vai deixar o Estado como “de Primeiro Mundo”. Enquanto isso, blogueiros locais e até a imprensa nacional alimentam que ela pretende concluir o “melhor governo de sua vida” para depois abandonar a política e “se dedicar a cuidar da família e dos netos”.

No entanto, fontes do seio do clã Sarney acreditam que a verdadeira razão para a governadora se manter no cargo é a pressão do marido, Jorge Murad, para que ela garanta o pagamento a construtoras e empresas da família (Ducol, Edeconsil etc) com recursos do BNDES. Ou, no estilo Joaquim Haickel, manter segura as tetas.

A  remontagem do esquema da Lunus seria mantido caso Luís Fernando fosse eleito governador indireto. Mas que é incerto com Arnaldo Melo a frente do governo…

Postado em: Política  |  1 Comentario  |  Tags: > >
Ricardo Murad deixa Roseana Sarney inelegível
03 de abril de 2014    |    ás: 9:00 am    |    Postado por:     

roseanaericardo Ricardo Murad deixa Roseana Sarney inelegívelO secretário Ricardo Murad pode ter comprometido o futuro político da cunhada, a governadora Roseana Sarney.

Obrigado a abrir mão da reeleição de deputado estadual para tentar fechar o rombo no orçamento da Secretaria de Saúde, Murad descumpriu a Constituição Federal e deixou de investir – propositalmente ou não – o piso mínimo da saúde.

A constituição estabelece que os estados têm que investir 12% das receitas próprias em ações e serviços de saúde, mas, em 2013, o Governo do Maranhão aplicou apenas 11,67% na área. É o que mostra o Relatório de Execução Orçamentária disponível no Portal da Transparência.

O caso será analisado pelo Tribunal de Contas do Estado e pode ser considerado como “ato doloso de improbidade administrativa” que enseja a inelegibilidade dos gestores envolvidos. Ou seja, tanto Roseana quanto Ricardo podem ficar impedidos de concorrer a cargos eletivos por oito anos, além do pagamento de multa.

O Maranhão também pode ser impedido de receber transferências voluntárias da União por não cumprir o estabelecido na Lei Complementar 141/2012.

A decadência e isolamento do grupo Sarney
03 de abril de 2014    |    ás: 8:00 am    |    Postado por:     
palacio dos leos A decadência e isolamento do grupo Sarney

Palácio dos Leões blindado há 10 meses para manter-se distante do povo.

Uma foto tirada hoje revela uma terrível imagem do grupo Sarney, nitidamente exaurido após 49 anos de poder. O Palácio dos Leões vive cercado com grades, pois toda hora os seus ocupantes ficam sobressaltados com protestos populares. A insegurança da população é enorme. Policiais estão sendo assassinados nas ruas; ontem houve assaltos em shoppings; até arrastão já houve no aeroporto, na noite da última segunda-feira.

O quadro no Complexo Penitenciário de Pedrinhas é de permanente descontrole. Todas as semanas presos “aparecem” mortos e um enorme contingente de policiais, que deveria estar nas ruas, tenta manter o mínimo de estabilidade. Organismos nacionais e internacionais acompanham o caso e responsabilizam a governadora Roseana Sarney pelo caos. Repetindo o mesmo erro cometido pelo senador Sarney em entrevista concedida em dezembro, a governadora diz que não está preocupada com “bandidos”, esquecendo que esses bandidos comandam o crime organizado e o tráfico de drogas.

Na saúde, o secretário Ricardo Murad produziu um dos maiores desastres administrativos da história do Maranhão. Os tais 72 hospitais não saíram do papel. Legiões de maranhenses sofrem todos os dias em ambulâncias e em hospitais de outros Estados, a exemplo do Piauí.

Enfim, sobra pouca coisa de pé do tal “melhor governo da vida” de Roseana.  Hoje faltam menos de 48 horas para Roseana Sarney Murad dizer o que fará: se fica ou sai do governo. A pressão sobre ela é gigantesca, vinda do pai, dos irmãos, dos sobrinhos. Todos exigem que ela dispute o Senado, para o bem e em nome dos bens da “famiglia”.

Nesse contexto de total desorientação, resta a Luís Fernando – empacado nas pesquisas – comparecer a eventos esvaziados, que ocorrem em minúsculas tendas, contando somente com a companhia de obscuros secretários, que berram impropérios para ninguém. Um desses acompanhantes de Luís Fernando não consegue vencer eleição nem em Cantanhede, mas está encarregado de “alavancar” o insosso candidato. É claro que a chance de dar certo é zero.

Para completar, anuncia-se um “novo” secretariado que é o coroamento da incompetência e da inércia administrativa. A verdade é que ninguém quer queimar o seu currículo sendo secretário de Estado em momento tão triste.

Por essas e outras é que o mundo político, de norte a sul, enxerga cada vez mais nitidamente a derrota eleitoral do grupo Sarney. E só faltam 25 semanas…

Pegadinha de 1º de abril: Luis Fernando diz que não faz parte da oligarquia Sarney
01 de abril de 2014    |    ás: 6:31 pm    |    Postado por:     

Companheiro de Roseana Sarney (PMDB) desde a época em que a governadora frequentava as tardes “esfumaçadas” da Praia do Olho d’Água, Luís Fernando Silva (PMDB), marionete do clã que comanda o Maranhão há quase cinquenta anos, negou a própria origem ao dizer que não pertence a oligarquia nenhuma.

Em entrevista ao blogueiro Clayton Collins, o “Picolé de Cachaça” afirma ser candidato “do povo do Maranhão”, mesmo sabedor de que sua indicação para a disputa pelo governo estadual se deve unicamente aos interesses financeiros de Roseana, Jorge Murad, Ricardo e da família Lobão.

Veja:

IstoÉ: Murad ameaça separar de Roseana se ela concorrer ao Senado
01 de abril de 2014    |    ás: 3:45 pm    |    Postado por:     

foto fofoca Istoe IstoÉ: Murad ameaça separar de Roseana se ela concorrer ao Senado

Postado em: Política  |  1 Comentario  |  Tags: > >
Parlamentares destacam mentiras do ‘Governo Pinóquio’ de Roseana Sarney
01 de abril de 2014    |    ás: 11:41 am    |    Postado por:     

roseana 2407101 211x300 Parlamentares destacam mentiras do Governo Pinóquio de Roseana SarneyO dia 1° de abril foi lembrado pela oposição na Assembleia Legislativa do Maranhão. Os parlamentares do bloco aproveitaram a data para elencar as principais (e olha que não são poucas) contadas pela governadora Roseana Sarney durante suas campanhas.

Os deputados Bira do Pindaré (PSB), Rubens Jr. (PCdoB), Othelino Neto (PCdoB) e Marcelo Tavares (PSB), ocuparam a tribuna para refrescar a memória dos maranhenses.

Bira do Pindaré começou a série de discursos destacando uma das principais promessas da campanha de 2010. “Quem lembra que Roseana prometeu transformar o Maranhão em um tigre asiático do desenvolvimento? Hoje temos a 2° pior renda per capitas do Brasil. E a segurança? Este ano passamos por uma das piores crises de segurança na história do estado, com decapitações nos presídios e a segunda greve da PM na gestão da governadora.”

O líder do bloco, Rubens Jr., afirmou que as mentiras ultrapassam os anos enquanto os maranhenses seguem no sofrimento. “Quem não se lembra da pior mentira da governadora? ‘Todos vão poder dormir com as portas abertas. ’ Nem a governadora está dormindo com as portas do palácio abertas, basta uma manifestação para que ela encha a Praça Dom Pedro II de grades e proíba a que qualquer pessoa se aproxime.” Lembrou o parlamentar.

No ramo do esporte, Rubens Jr., lembrou ainda da promessa de reinauguração do estádio Castelão. “Cadê o jogo entre Brasil e França na reinauguração do Castelão? Prometeu Zidani, Henry, seleção brasileira, mesmo sabendo que não vinham. O estádio está prestes a passar por uma nova reforma e nada do famoso jogo.”

Othelino Neto continuou a linha do discurso oposicionista. “A governadora prometeu entregar 72 hospitais até o final de 2013. Hoje, quase na metade de 2014, ela não conseguiu entregar nem a metade do prometido.”

Marcelo Tavares apelidou a gestão estadual de ‘governo Pinóquio’, fazendo referência ao famoso desenho de Walt Disney. “A diferença para este governo, é que a cada mentira o que cresce são as mazelas do Maranhão. Prometeu a Via Expressa para o quarto centenário de São Luís, até hoje nada, talvez no quinto, já que a cidade este ano completa 402 anos.” Completou o deputado.

LISTA DE PROMESSAS “CONCRETAS” NÃO CUMPRIDAS PELO GOVERNO ROSEANA

1. SAÚDE:

“72 hospitais até o final de 2013”

1.1. Implantar o sistema de entrega domiciliar de medicamentos de uso continuado;

1.2. Abastecimento de água e saneamento básico.

1.3. Fim do racionamento de água em dezembro de 2013

2. EDUCAÇÃO:

“Revolução na educação”

2.1. Ampliar a oferta de vagas no ensino médio;
2.2. Implantar “escolas em tempo integral” no ensino médio e educação profissional;
2.3. Ampliar a rede de bibliotecas Farol da Educação;

3. CIÊNCIA E TECNOLOGIA

“Vamos transformar o Maranhão num Tigre do Nordeste”

3.1. Descentralizar a Universidade Estadual do Maranhão, criando universidades regionais, a exemplo da Universidade Estadual de Imperatriz e da Universidade Estadual de Caxias, autônomas financeira e administrativamente;

3.2. Recuperação de centros de capacitação tecnológica;

4. DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E GERAÇÃO DE EMPREGO

“O Maranhão atravessa uma fase boa. É um estado que não tem corrupção, que trabalha pelo seu povo, um dos melhores da federação…”.

4.1. Ampliar o programa “meu primeiro emprego”:

4.2. Retomar o programa de formação de fornecedores, objetivando ampliar as oportunidades de aquisição de bens e serviços no mercado local;

4.3. Redenção do Maranhão com a refinaria de petróleo;

4.4. Polo de confecção de Rosário (Negócio da China);

4.5. Fábrica de autopeças em São Luís;

4.6. Siderúrgica em Perizes;

4.7. As ZPE’(Zona de Processamento de Exportação);

5. SEGURANÇA

“A população vai poder dormir de portas abertas”

5.1. Instalar base permanente do Grupo Tático Aéreo no sul do Estado, sediado em imperatriz;
5.2. Melhorar as instalações físicas das unidades policiais do estado, bem como o atendimento a cidadania;

5.3. Construção de novos presídios;

6. INFRAESTRUTURA, TRANSPORTES E HABITAÇÃO

6.1. Reestruturar o órgão estadual regulador do sistema de transportes;

6.2. Todos os municípios interligados com estradas asfaltadas. Ver caso: Primeira Cruz e Santo Amaro;

6.3. A ponte quarto centenário

7. ESPORTE E JUVENTUDE

7.1. Retomar o Programa VIVA NOTA, fortalecendo as agremiações e estimulando a participação e a presença da comunidade nas praças esportivas;
7.2. Adaptar o complexo esportivo de São Luís para funcionamento de uma “Vila Olímpica”;
7.3. Em convênio com os municípios, criar as vilas olímpicas regionais, para estimular o intercâmbio de atletas estudantis;

8. DESENVOLVIMENTO SOCIAL, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS

8.1. Ampliar a rede de “Restaurante Popular”, beneficiando municípios de maior vulnerabilidade social;

8.2. Combate ao trabalho escravo. Até empresa contratada pelo estado adota trabalho escravo;

8.3. Execução do maior programa habitacional da história do Maranhão (Secretário de Assuntos Estratégicos, Alberto Franco, e o caso Engenho);

9. MEIO AMBIENTE

“Temos mais recursos naturais e nossa infraestrutura é melhor”

9.1. Adotar programas de recuperação ambiental de rios e mananciais;

9.2. Dique de baixada

10. TURISMO

10.1. Garantir a continuidade da implementação do Plano Maior, por meio dos seus programas: infraestrutura (saneamento básico, acessibilidade, telefonia e energia e cenografia urbana); planejamento (plano diretor; regulamentação ambiental; desenvolvimento de projeto e pesquisa); formação; reestruturação de produtos (equipamentos, serviços e recursos turísticos); e estruturação de novos produtos (equipamentos, serviços e recursos turísticos).

Postado em: Política  |  2 Comentarios  |  Tags: > >